Diretor de A Pequena Sereia de 1989 critica CGI do live-action

Filmes

Notícia

Diretor de A Pequena Sereia de 1989 critica CGI do live-action

John Musker acha que Disney não trabalhou elementos que são a alma do filme original

Omelete
2 min de leitura
27.05.2024, às 11H25.

John Musker, diretor da animação A Pequena Sereia (1989) parece não ter gostado muito da versão em live-action de seu filme. Em entrevsita à Variety, Musker criticou abertamente o remake liderado por Rob Marshall.

"As empresas estão sempre pensando 'Como podemos reduzir nosso risco? Eles gostam disso, certo? Vamos refazer esse filme mas de um jeito diferente' ou então eles pensam 'Bem, nós podemos fazer isso, só que melhor!'", disse o cineasta ao veículo. "Eles não fizeram direito a história pai e filha (no live-action), e isso era o coração do filme, de certa maneira. E o carangueiro... Você pode observar animais vivos no zoológico que eles terão mais expressão, como no caso de O Rei Leão. E isso é uma das coisas básicas sobre a Disney, é o apelo deles. E é isso que as animações fazem de melhor", completou.

Além de Marshall na direção, o filme conta com roteiro de Jane Goldman (X-Men: Dias de um Futuro Esquecido). Além disso, Alan Menken Lin-Manuel Miranda estão na trilha sonora, que conta com novas canções.

O elenco da nova versão inclui Halle Bailey como Ariel, Melissa McCarthy como Ursula, Jacob Tremblay (O Quarto de Jack), Awkwafina (Podres de Rico), Javier Bardem (Onde os Fracos Não Têm Vez) e Daveed Diggs (Hamilton).

A Pequena Sereia arrecadou US$564 milhões nas bilheterias mundiais. 

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.