Filmes

Entrevista

Desconhecido | Omelete Entrevista January Jones

Atriz de Mad Men fala de seu novo filme e também de X-Men: First Class

Marcelo Forlani
23.02.2011
00h00
Atualizada em
21.09.2014
14h16
Atualizada em 21.09.2014 às 14h16

É impossível falar com January Jones sem mencionar Mad Men. E a linda Betty Draper é realmente linda e este foi certamente um dos fatores que a levaram a ser chamada para participar de Desconhecido (Unknown), mais novo thriller de ação protagonizado por Liam Neeson. No filme, os dois intepretam o Dr. Martin Harrisum e sua esposa Elizabeth, um casal que acaba de chegar a Berlim para um seminário. Porém, ele acaba se envolvendo em um acidente e quando sai do coma descobre que tem outra pessoa usando o seu nome e até mesmo andando com sua esposa, que não o reconhece. Sem duvidar da própria sanidade, ele parte então atrás da verdade.

January Jones tem um papel pequeno, mas importante para a trama e foi com uma pergunta sobre o personagem que começamos a nossa entrevista com ela, que passou também por Mad Men e X-Men: First Class. Confira:

Antes de mais nada, obrigado por me receber.

January Jones: Sim.

E parabéns pelo filme.

Obrigada.

No começo do filme, a sua personagem tem uma - como posso dizer? - uma situação difícil que pode fazer o público não gostar dela. Isso foi algo que te atraiu para o filme?

Eu não acho que tenha nenhum momento no filme, especialmente no começo, em que o público não goste dela. Acho que ela foi escrita do mesmo jeito que escreveram o personagem de Liam, então devem ficar confusos com o fato de ela não reconhecê-lo, por causa de tudo o que viram no começo do filme. Mas o que me atraiu foi que você não sabia o que era real. Você não conseguia saber se a realidade dele era real ou não. Então você não consegue simpatizar especificamente com ele ou com ela porque você não tem certeza de quem é bom ou mau, o que é ou não real. Então, isso foi bem atraente para mim. O mistério de tudo é bem interessante.

E, claro, todos conhecem você de Mad Men. A televisão está trazendo essa popularidade para as pessoas porque hoje em dia a televisão está mais difundida e com melhor qualidade. O que você acha que mudou na televisão, que agora tem esse poder de levar os atores para fazer um filme?

Bem, eu acho que... Tudo depende do material. Acho que tem mais risco na televisão, especialmente na TV paga, do que em filmes. Agora temos cineastas e atores de cinema de primeira linha fazendo televisão. Porque é onde as pessoas se arriscam. É onde as histórias e roteiros mais interessantes estão. Então acho que tem várias pessoas migrando para a televisão. E é legal para o público não ter que sair de casa. Eu acho. Se você está em meio milhão de casas através da televisão você atingirá tanto ou mais pessoas do que no cinema. Mas eu não acho que é tão separado assim. Acho que tudo se mistura, o que é bom para todos.

Você está em X-Men: First Class. Alguns fãs disseram que não gostaram das primeiras imagens do filme. Eu gostaria que você defendesse o filme, tipo: Por que é bom e vale a pena as pessoas continuarem acompanhando e irem assistir?

Quais foram as primeiras imagens? Nós ainda estamos filmando, então não sei o que foi divulgado.

Era um pôster com todos enfileirados...

Ah, em forma de V?

É.

Eles não gostaram?

Não.

Eu não tenho certeza onde foi divulgado, se foi o estúdio que divulgou ou não... Mas... Eu não sei. Não sei como eles conseguiriam pegar o clima do filme por aquela foto. Aquilo era só uma formação dos personagens.

Mas o que Matthew Vaughn está fazendo que é realmente empolgante... e que deve manter as pessoas interessadas?

Acho que elas devem esperar pela história. O roteiro era muito bom e muito inteligente e eu acho que o grupo de atores envolvidos neste projeto já fala por si só. Acho que se o roteiro não fosse bom e se eles não confiassem na visão de Matthew Vaughn para o filme James McAvoy, Michael Fassbender, Kevin Bacon e todos os envolvidos não teriam se comprometido. Então acho que todos devem ficar empolgados com o filme.

Certo. Muito obrigado pelo seu tempo.

Claro.

Desconhecido estreia nesta sexta nos cinemas. Aguarde mais entrevistas e a crítica do filme até lá.