Denis Villeneuve critica decisão da Warner de lançar Duna também no streaming

Créditos da imagem: Divulgação

Filmes

Notícia

Denis Villeneuve critica decisão da Warner de lançar Duna também no streaming

Assim como Christopher Nolan, diretor não aprovou estreia simultânea dos longas no streaming

Camila Sousa
11.12.2020
09h50

Em uma carta aberta publicada pela Variety, o diretor Denis Villeneuve criticou a decisão da Warner de lançar Duna simultaneamente no streaming. A estreia faz parte de uma nova estratégia do estúdio para 2021, em que todos os filmes serão lançados nos cinemas e no HBO Max no mesmo dia.

Villeneuve dizendo que ficou sabendo da decisão pelas notícias e que, com isso, a “AT&T mudou o propósito de um dos estúdios mais importantes e respeitáveis da história do cinema. Não há absolutamente nenhum amor pelo cinema e pelo público aqui”, disse o diretor.

Para ele, a decisão foi tomada para “a sobrevivência de uma gigante das telecomunicações, que atualmente tem uma dívida astronômica de mais de US$ 150 milhões. Portanto, embora Duna seja sobre cinema e o público, a AT&T está pensando em sua própria sobrevivência em Wall Street. Como o lançamento do HBO Max foi um fracasso até agora, a AT&T decidiu sacrificar o calendário inteiro da Warner Bros. em 2021 em uma tentativa desesperada de conseguir a atenção do público”.

No texto, Villeneuve diz ainda que os serviços de streaming são positivos e uma boa adição ao ecossistema do cinema e da TV, mas que os streamings não conseguem sustentar por si só a indústria do cinema como ela era antes da COVID. Para ele, os streamings “podem produzir grandes conteúdos, mas não filmes da escala e do escopo de Duna”.

Sobre a questão da pandemia, o diretor argumenta que Duna foi adiado para outubro de 2021, época em que, segundo ele, a vacinação deve estar avançada e as coisas devem estar mais perto do normal. 

Villeneuve termina seu texto celebrando a exibição de filmes no cinema e afirmando que, quando a pandemia acabar, os complexos estarão novamente cheios de fãs. 

Recentemente Christopher Nolan também fez duras críticas ao estúdio por conta da decisão - saiba mais.

 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.