Filmes

Artigo

De Réquiem para um Sonho a Branquelas: Todas as faces de Marlon Wayans

Ator veio ao Omelete para falar de Seis Vezes Confusão, sua nova comédia na Netflix

A cozinha
14.08.2019
13h04
Atualizada em
16.08.2019
12h57
Atualizada em 16.08.2019 às 12h57

Lançado em 2004, As Branquelas se tornou um clássico da comédia "besteirol", como bem classifica a Netflix nas suas tags de conteúdo. Reprisado inúmeras vezes na TV, responsável por diversos memes, o filme é fruto das mentes da família Wayans, sendo dirigido por Keenen Ivory Wayans e estrelado por Shawn e Marlon Wayans, com o trio assinando também o roteiro. 

Na sua passagem pelo Brasil para promover Seis Vezes Confusão, novo fruto da sua parceria com a Netflix, Marlon Waynes falou ao Omelete sobre o que torna As Branquelas um filme tão querido pelos fãs e comentou sobre os rumores envolvendo uma continuação, que chegou a ser confirmada por Terry Crews: "Ele é muito grande para ser chamado de mentiroso. Então não vou dizer que eles está mentindo, apenas que não está falando a verdade", brincou. 

O ator, cuja filmografia também inclui filmes cultuados como Réquiem para um Sonho, falou também sua formação teatral e como foi encarar seis personagems em Seis Vezes Confusão, o que incluiu sete horas de maquiagem, dezoito horas de trabalho por dia, uma hora e meia para tirar a maquiagem, durante 50 dias. "Eu chorei na estreia, porque nossa jornada foi tão difícil. Não dormir por cinquenta dias. Interpretar todos os sete personagens, conversar com 'varetas', porque não tinha ninguém conversando comigo...Foi a coisa mais difícil que já fiz e chorei de alegria e exaustão. Na estreia eu estava muito orgulhoso de mim mesmo".

No vídeo acima você confere a entrevista completa, com direito a Waynes relembrando falas dos seus filmes em português e cantando "Thousand Miles", música famosa por conta da cena de Terry Crews em As Braquelas