Filmes

Crítica

Uma Viagem Extraordinária | Crítica

Jean-Pierre Jeunet não deixa espaço para o espectador em adaptação de livro infantil

Natália Bridi
07.11.2014
11h49
Atualizada em
10.01.2015
18h28
Atualizada em 10.01.2015 às 18h28

Conhecido por O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (2001), mas também responsável pelo duvidoso Alien - A Ressurreição (1997), Jean-Pierre Jeunet é dono de uma vasta imaginação. Sua marca como cineasta é misturar lúdico e inusitado e em Uma Viagem Extraordinária (L'Extravagant voyage du jeune et prodigieux T.S. Spivet, 2013) esse estilo está em todos os cantos da tela.

Com tanta criatividade, porém, Jeunet não deixa espaço para o espectador. Há um esforço consciente de tornar a adaptação do livro ilustrado de Reif Larsen sobre um menino gênio e sua peculiar família em um filme mágico. No entanto, é tão deliberadamente bonitinho que se torna vazio. Ou redundante (com o diretor constantemente colocando na tela o que o narrador acaba de dizer).

Essa superficialidade é evidenciada pelo roteiro escrito por Jeunet e Guillaume Laurant. A dupla francesa não parece confortável com o ambiente completamente americano da história. Hábitos e paisagens - o menino T.S. Spivet vai de um rancho em Montana para Washington pegando carona em um trem - são explorados sem propriedade e os atores são subaproveitados. Kyle Catlett, o protagonista, que deveria ser um adorável gênio incompreendido, é apenas um menino chorão. Helena Bonham Carter está lá apenas para dar ao elenco um nome mais conhecido.

Editado de forma desconexa, preenchido com trechos aleatórios na intenção de fazer graça com o já citado lúdico/inusitado, essa estrutura peca ainda mais ao inserir dramas pesados no que seria aparentemente um filme de aventura. Pitadas de humor politicamente incorreto do velho mundo também se perdem no meio de tantas intenções.

Uma Viagem Extraordinária se torna uma experiência maçante que não encontra o seu caminho em nenhum momento. A magia que falta ao filme é algo difícil de mensurar, mas as tentativas explícitas de arrebatar o público mostram que Jeunet precisa de menos pompa e mais verdade no seu cinema.

Uma Viagem Extraordinária | Cinemas e horários

Uma Viagem Extraordinária
L´Extravagant Voyage du Jeune et Prodigieux T.S. Spivet
Uma Viagem Extraordinária
L´Extravagant Voyage du Jeune et Prodigieux T.S. Spivet

Ano: 2013

País: França

Classificação: 1 anos

Duração: 105 min

Direção: Jean-Pierre Jeunet

Roteiro: Jean-Pierre Jeunet, Reif Larsen

Elenco: Kyle Catlett, Helena Bonham Carter, Judy Davis, Callum Keith Rennie, Niamh Wilson, Jakob Davies, Rick Mercer, Robert Maillet, Julian Richings, Dominique Pinon, Dawn Ford, Lisa Bronwyn Moore

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.