Filmes

Crítica

A Toda Prova | Crítica

Gina Carano arrebenta tudo em novo filme de Steven Soderbergh

Érico Borgo
12.04.2012
16h34
Atualizada em
29.06.2018
02h47
Atualizada em 29.06.2018 às 02h47

Em A Toda Prova (Haywire), Steven Soderbergh continua a explorar um interesse inciado em Confissões de uma Garota de Programa: a contratação de protagonistas que tenham relação mais realista com suas personagens do que atrizes convencionais. Se no filme de 2009 ele colocou a atriz pornô Sasha Grey para viver uma profissional do sexo, aqui dá o papel de uma agente especializada em combate corporal à estrela do MMA Gina Carano.

Haywire

None

Haywire

None

No thriller de espionagem escrito por Len Dobbs (que já fez Kafka e O Estranho com Soderbergh), uma ex-oficial de operações especiais, Mallory Kane (Carano), trabalha para um grupo privado de ações militares (administrado por um empresário interpretado por Ewan McGregor), até que é traída por um integrante da sua própria equipe - e parte em uma jornada de vingança.

Carano está acompanhada por um elenco de primeira, que inclui Michael Fassbender, Michael Douglas, Channing Tatum, Antonio Banderas, Bill Paxton, Michael Angarano e Matthieu Kassovitz. Um monte de talentos para compensar a dureza da atriz, que tem aqui seu primeiro papel de destaque. Mas tudo o que Carano - que teve até sua voz alterada digitalmente para o filme - deve em termos de atuação ela compensa com uma presença poderosa, que faz valer cada cena de combate em tela. Não há treinamento preparatório para atriz no mundo que se equipare à postura e golpes de Carano. Em determinadas cenas é como se o corpo dela se recusasse a aceitar o "corta!" e quisesse continuar destruindo seu oponente. Não por acaso, vários dos atores que tiveram cenas de luta com ela disseram ter saído feridos das gravações.

Mas ainda que as cenas de pancadaria sejam empolgantes, a trama do suspense - fotografado cheio de estilo por Soderbergh, sob pseudônimo - é bastante superficial. Há muito pouco roteiro para a duração do filme, que se apoia então em tempos mortos e longos takes (a edição também é do cineasta), tornando este quase que um filme de ação iraniano. Mesmo que tenha sido a intenção aqui não desenvolver demais personagens e relações, mantendo sua aura de mistério, a história simplista de vingança não tem estofo suficiente. Nada que uns minutos a mais de Gina Carano espancando todo mundo não tivessem resolvido, porém...

A Toda Prova
Haywire
A Toda Prova
Haywire

Ano: 2011

País: EUA

Classificação: 14 anos

Duração: 93 min

Direção: Steven Soderbergh

Roteiro: Lem Dobbs

Elenco: Gina Carano, Ewan McGregor, Michael Fassbender, Bill Paxton, Channing Tatum, Antonio Banderas, Michael Douglas, Michael Angarano, Mathieu Kassovitz, Eddie J. Fernandez, Anthony Wong, Tim Connolly, Max Arciniega, Aaron Cohen

Nota do Crítico
Bom

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.