Filmes

Crítica

Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe | Crítica

Sandler, Hoffman e Stiller brilham em filme sobre as alegrias e tristezas da família

Camila Sousa
06.11.2017
11h14
Atualizada em
06.11.2017
13h06
Atualizada em 06.11.2017 às 13h06

É interessante que o título nacional de The Meyerowitz Stories (New and Selected) seja Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe (Histórias Novas e Selecionadas). Mais do que um típico subtítulo, a frase realmente faz sentido na história contada por Noah Baumbach (Mistress America, Frances Ha).

Ao longo de diálogos estranhos e, ao mesmo tempo, incrivelmente realistas, conhecemos a família Meyerowitz: Dustin Hoffman (hoje mais um dos envolvidos na leva de escândalos em Hollywood, entenda) é o pai Harold, um escultor que vive os dias da velhice remoendo suas possibilidades não alcançadas de sucesso. Junto a ele está Maureen (Emma Thompson), sua excêntrica esposa que não encontra uma ligação verdadeira com os filhos do artista, os já adultos Danny (Adam Sandler), Jean (Elizabeth Marvel) e Matthew (Ben Stiller). É uma família disfuncional, com pessoas completamente diferentes, que possuem apenas um vínculo sanguíneo e não emocional (não escolhemos a família, lembra?). Uma reunião improvável acontece quando Danny e Jean resolvem organizar uma exposição em homenagem ao pai.

Hoffman encarna com veracidade o patriarca que pensa muito mais em si mesmo do que em sua família. Ele criou e ama os filhos, é claro, mas não presta atenção neles, se importa pouco com os acontecimentos de suas vidas e, assim como todos os pais, consegue derrubá-los com uma ou duas frases de desprezo não-intencionais.

Sandler e Stiller formam uma dupla incrível de irmãos, que lidam com todos esses problemas insanos dos pai e com suas próprias inseguranças. Noah Baumbach usa várias cenas para evidenciar como Danny e Matthew são diferentes e se sentem desconfortáveis perto um do outro. A relação é marcada por diálogos em que nenhum dos dois sabe exatamente o que dizer. Mas, no fundo disso, os irmãos carregam as mesmas feridas causadas pelo pai e são esses machucados que os aproximam no fim das contas. Nada poderia ser mais verdadeiro do que isso. Os fãs curiosos sobre Adam Sandler encontrarão o ator ao mesmo tempo diferente e semelhante aos seus papéis anteriores. Há pontas de um humor amargo em Danny, mas o personagem vai além disso, mostrando as camadas de um homem que se sente fracassado diante da família, mas não desistiu totalmente de ser feliz.

Com um pai tão distante e egocêntrico, é de se imaginar que os filhos o odiariam pelo resto da vida, mas Baumbach escolhe levar seu filme para outro caminho. Ao verem o pai velho e doente, eles percebem que o patriarca não poderia ter sido mais amável ou presente. Harold Meyerowitz é, em sua essência, alguém distante e egoísta, ele jamais poderia mudar sua personalidade, mas isso não significa que ele era incapaz de amar. Para os filhos, resta o peso de carregar as feridas emocionais causadas pelo pai, mas sabendo que tudo aconteceu exatamente como deveria ter acontecido.

Por mostrar tudo isso, Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe é um filme extremamente humano, que causa sentimentos de alegria, confusão, raiva (muitas vezes dá vontade de voar na tela e sacudir os personagens) e, por fim, aceitação: nenhuma família é perfeita, mas nenhuma pode substituir a nossa.

Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe
The Meyerowitz Stories (New and Selected)
Os Meyerowitz: Família Não Se Escolhe
The Meyerowitz Stories (New and Selected)

Ano: 2017

País: EUA

Direção: Noah Baumbach

Roteiro: Noah Baumbach

Elenco: Adam Sandler, Ben Stiller, Dustin Hoffman, Emma Thompson, Elizabeth Marvel, Grace Van Patten, Candice Bergen, Adam Driver, Judd Hirsch, Rebecca Miller, Matthew Shear, Sigourney Weaver, Daniel Flaherty, Adam David Thompson, David Cromer, James Hamilton, Josh Hamilton, Gibson Frazier, Jordan Carlos, Benjamin Thys, Lyne Renee, Sakina Jaffrey, Gayle Rankin, Michael Chernus, Cindy Cheung, Mandy Siegfried, Victor Cruz, Joel Bernstein, Jerry Matz, Germar Terrell Gardner, Mickey Sumner, Justin Winley, Kareem Williams, Carlos Jacott, Nico Baumbach, McManus Woodend, Annabelle Dexter-Jones, Marquis Rodriguez, Jared Sandler, Michael Birnberg, Takako Haywood, Michelle Santiago, Jason Daunno, Teniel Humeston, Ronald Peet, Barbara Danicka, Hannah Mitchell

Nota do Crítico
Excelente!

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.