Filmes

Crítica

Juntos e Misturados | Crítica

As férias de Adam Sandler

Aline Diniz
17.07.2014, às 01H21
ATUALIZADA EM 21.09.2014, ÀS 15H21
ATUALIZADA EM 21.09.2014, ÀS 15H21

Recentemente li em uma entrevista de Adam Sandler que ele aceita participar de filmes com base no país em que gostaria de passar férias. Não sei até que ponto isso se encaixa na realidade do comediante, mas Juntos e Misturados (Blended) é o exemplo perfeito de tal afirmação.

Sandler volta a trabalhar com Drew Barrymore dez anos após Como Se Fosse a Primeira Vez, mas a trama parece reaproveitada de Esposa de Mentirinha. Pequenas mudanças aqui e ali diferenciam os filmes, mas a base é a mesma: Jim e Lauren acabam viajando juntos sem saber e se apaixonam ao longo da jornada.

Não há nada de novo em Juntos e Misturados, que é composto por uma sequência de cenas previsíveis e piadas repetidas - há momentos que até parecem improvisados com a atividade do dia no resort. O ponto alto do longa é a interação do elenco entre si, mas até isso é prejudicado quando alguns exageros transformam a já não tão sutil comédia em um pastelão descarado.

Outro grande problema são os descarados estereótipos de gênero. Jim, pai viúvo de três meninas, não tem noção do que está fazendo na criação de suas filhas. As três se vestem como garotos devido ao trabalho do pai em uma loja esportiva - Hilary (Bella Thorne), a mais velha, é chamada o tempo todo pelo pai de Larry e confundida com um homem por terceiros; Espn (Emma Fuhrmann) acredita que a falecida mãe os acompanha o tempo todo e fala com ela; enquanto a mais nova, Lou (Alyvia Alyn Lind), é a mais sã do grupo. Jim, oblívio à toda a situação, não parece perceber que suas filhas precisam de ajuda, deixando tudo seguir normalmente.

Por outro lado, Lauren tem dois meninos que precisam de uma figura paterna recorrente. Mark (Joel McHale), o ex-marido, não tem tempo para os meninos. O mais velho, Brendan (Braxton Beckham), passa pelo início da adolescência e tem uma grande queda pela babá; enquanto o mais novo, Tyler (Kyle Red Silverstein), tem problemas com suas habilidades desportivas. A necessidade de uma figura feminina ou masculina na vida das crianças fica clara desde o início, mas é ao final, quando tudo dá certo e magicamente se conserta, que vem a lição de moral: uma família completa, com papai, mamãe e filhinhos, funciona melhor. Mães e pais solteiros discordariam.

Juntos e Misturados
Blended
Juntos e Misturados
Blended

Ano: 2014

País: EUA

Classificação: 10 anos

Duração: 117 min

Direção: Frank Coraci

Roteiro: Ivan Menchell, Clare Sera

Elenco: Drew Barrymore, Adam Sandler, Wendi McLendon-Covey, Bella Thorne, Terry Crews, Joel McHale, Lauren Lapkus, Kevin Nealon, Alyvia Alyn Lind, Emma Fuhrmann, Anna Colwell, Abdoulaye N'Gom, Kyle Red Silverstein

Nota do Crítico
Ruim

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.