Filmes

Crítica

Gente Grande 2 | Crítica

Comédia sofrível não sabe a qual público quer agradar

Míriam Castro
17.10.2014
14h27
Atualizada em
29.06.2018
02h38
Atualizada em 29.06.2018 às 02h38

Ninguém chega em Gente Grande 2 com a expectativa de ver um grande filme, e isso não é questão de pedantismo, mas de sobriedade. Da continuação da comédia estrelada por Adam Sandler em 2010 espera-se apenas que ela tire algumas risadas, e nisso o filme falha miseravelmente.

gente-grande-2-3

None

No primeiro Gente Grande, o foco era o reencontro dos amigos Lenny (Sandler), Eric (Kevin James), Kurt (Chris Rock) e Marcus (David Spade), e as mudanças em suas vidas desde a época escolar. No segundo filme, Lenny volta a morar na sua cidade natal para criar os filhos. Não é dada nenhuma explicação para a ausência de Rob Schneider, que fazia parte do grupo de protagonistas do filme anterior e que não quis voltar por discordar do cachê na continuação.

Pelo menos o filme anterior tinha alguma trama (mesmo que fraquíssima) para justificar as piadas. Gente Grande 2 nem se dá ao trabalho de ter uma história. Lenny pega um ônibus escolar, busca os amigos pelas ruas e começa a fazer uma sucessão de bobagens sem motivo que supostamente se espera de adultos eternamente jovens.

A primeira cena começa com um alce mijando no rosto do protagonista e a última termina com ele comemorando uma conquista especialíssima: conseguiu soltar um "burpsnart", combinação de arroto, espirro e peido. No intervalo entre as muitas piadinhas escatológicas, há momentos asquerosos com um faxineiro fazendo de tudo para ver um decote, entre outras situações desinteressantes.

Por incrível que pareça, os momentos menos vergonhosos são os que têm a participação de Taylor Lautner. O ídolo adolescente não é comediante, mas provoca alguns sorrisos ao interpretar um universitário desequilibrado, oposto da sua imagem de garoto certinho. Sorrisos, não gargalhadas.

Um dos maiores erros do filme é não saber a qual público agradar. O nível das piadas se encaixa nos piores trabalhos de humor adolescente. O "enredo", porém, trata de adultos que não querem amadurecer - então o alvo seria o público cativo que envelhece com Sandler.

A contradição fica mais clara na segunda metade da história, em que há uma festa à fantasia inspirada nos anos 1980. As referências são numerosas e direcionadas a quem viveu aquela época. Mas quantos adolescentes ansiosos por decotes saberão quem é Prince ou Cher? E quantos quarentões ainda gargalham com filmes como Gente Grande 2?

Gente Grande 2
Grown-Ups 2
Gente Grande 2
Grown-Ups 2

Ano: 2013

País: EUA

Classificação: 12 anos

Duração: 101 min

Direção: Dennis Dugan

Elenco: Adam Sandler, Kevin James, Chris Rock, David Spade, Salma Hayek, Maya Rudolph, Maria Bello, Alexys Nycole Sanchez, Alex Poncio, Steve Buscemi, Nick Swardson, Colin Quinn, Tim Meadows, Jon Lovitz, Shaquille O'Neal, Alexander Ludwig, Georgia Engel, Peter Dante, Oliver Hudson, Allen Covert, Steve Austin, Milo Ventimiglia, Jake Goldberg, Cameron Bryce, Ada-Nicole Sanger, Frank Gingerich, Morgan Gingerich, Nadji Jeter, China Anne McClain, Kaleo Elam, Cheri Oteri, Ellen Cleghorne, April Rose, Dan Patrick, Ebony Jo-Ann, Halston Sage, Norm Crosby, Melanie Hutsell, Jonathan Loughran, Jackie Sandler, Sadie Sandler, Sunny Sandler, Chris Berman, Michael Kay, Richie Minervini, Kevin Grady, Kamil McFadden, Andy Samberg, Jorma Taccone, Bobby Moynihan, Akiva Schaffer, Erin Heatherton, Taylor Lautner, Patrick Schwarzenegger

Nota do Crítico
Ruim

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.