Filmes

Crítica

Em seu Lugar | Crítica

Em seu lugar

Marcelo Forlani
01.12.2005
00h00
Atualizada em
21.09.2014
13h19
Atualizada em 21.09.2014 às 13h19

Em seu lugar
In Her Shoes
EUA, 2005 - 130 min
Drama/comédia

Direção: Curtis Hanson
Roteiro: Susannah Grant, baseado em romance de Jennifer Weiner

Elenco:
Cameron Diaz, Toni Collette, Shirley MacLaine, Mark Feuerstein, Brooke Smith, Francine Beers, Richard Burgi, Ken Howard, Candice Azzara, Jackie Geary

Por que as mulheres têm tantos pares de sapatos? Talvez a resposta a seguir não seja a mais correta, mas no caso de Rose Feller (Toni Collette) o motivo é simples: não importa se ela está gorda ou magra, o tamanho do seu pé será sempre o mesmo. Porém, enquanto Rose compra os sapatos mais lindos e os deixa no fundo do armário, virginais, sua irmã, Maggie (Cameron Diaz), prefere utilizá-los como ferramenta de sedução, um atalho para aproveitar a vida ao máximo.

O comportamento diverso das duas em relação aos calçados é um resumo de seus modos de vida. Enquanto a mais velha é estudiosa, esforçada, trabalhadora, bem-sucedida e encanada com seu visual, a caçula só se preocupa com a aparência, não quer saber de trabalhar sério e vai ao máximo de festas possível. Não é à toa que brigam tanto. Mas não é por isso que deixam de ser irmãs... pelo menos não até o dia em que a situação atinge um ponto insustentável e elas se desentendem para valer. Expulsa da casa da irmã, Maggie não tem para onde ir, e acaba se mudando para a casa da avó, em um daqueles condomínios para aposentados da Flórida.

A chegada da loira causa um alvoroço entre os senis moradores, mas as maiores mudanças vão acontecer mesmo é com as duas irmãs. Rose larga seu emprego de advogada para cuidar de cachorros e se apaixona. Maggie pára de procurar novos casos a cada 2 minutos e aprende a conviver assexuadamente com outras pessoas. Muitas destas reviravoltas estão intimamente ligadas à presença da avó Ella (Shirley MacLaine), que as duas irmãs julgavam morta. A partir da entrada de MacLaine em cena, a fita muda de tom. Ao trocar a Filadélfia pela Flórida o filme ganha um cenário mais colorido, mas começa a mostrar quem realmente são estas mulheres, tornando-se mais dramático.

O filme não funcionaria tão bem se não tivesse três ótimas atrizes e um diretor (Curtis Hanson) que conseguiu arrancar delas excelentes atuações. Fazer o papel de linda e andar de calcinha e soutien ou biquinis não dever ser difícil para a ex-modelo Cameron Diaz, mas quando sua personagem deixa para trás a carapuça de sex symbol e começa a ser ela mesma, Diaz prova que é mais do que um rosto bonito. A australiana Toni Collette pode não brilhar na mesma intensidade que Diaz no cenário hollywoodiano, mas chega a ofuscar a Pantera em vários momentos durante o filme. Já a veterana Shirley MacLaine, que esteve recentemente em A feiticeira, parece bem à vontade com seu status de coadjuvante de luxo.

Méritos principalmente para Curtis Hanson, que pode somar este trabalho à lista dos ótimos Los Angeles - Cidade Proibida (1997), Garotos Incríveis (2000) e 8 Mile - Rua das Ilusões (2002). Ele e a roteirista Susannah Grant tomaram muito cuidado ao adaptar o livro escrito por Jennifer Weiner e apresentam um filme bem amarrado, mas com laços bastante discretos, como o cachorro que aparece para mudar a vida de Rose sem virar o mascote da fita e o "professor" de Maggie, que surge apenas como catalisador para o que precisavam acontecer.

O título, o pôster, a presença de Cameron Diaz, tudo levava a crer que Em seu lugar (In her shoes, 2005) seria mais uma comédia romântica, filminho bobo de 90 minutos e final previsível. Trata-se, na verdade, de um belíssimo drama familiar sobre perdas e reconciliações que dura 130 minutos e que, sejamos francos, tem um final previsível, mas tão bem construído que dificilmente alguém vai ter coragem de reclamar.

Nota do Crítico
Ótimo