Filmes

Crítica

Do Inferno - O Filme | Crítica

Mais uma história de Jack, O Estripador

Érico Borgo
11.01.2002
01h00
Atualizada em
21.09.2014
13h12
Atualizada em 21.09.2014 às 13h12

A adulteração da obra não incomoda nem um pouco o escritor Alan Moore, cuja participação no filme se resumiu a uma breve conversa com os diretores. A essência desse bate-papo pode ser definida na seguinte frase do criador de Watchmen: Eu fiz a minha parte. Agora, vocês vão lá e façam o filme que vocês quiserem. Moore não acredita em adaptações literais de uma mídia para outra. Com os quadrinhos, você pode passar todo o tempo que quiser absorvendo os detalhes, notando coisinhas que nós plantamos ali. Você também pode voltar as páginas para estabelecer uma relação entre uma imagem e uma linha de diálogo de algumas páginas atrás. Mas em um filme, pela natureza da mídia, você é arrastado através dele à 24 quadros por segundo, afirma o criador de Do Inferno.

Mudanças à parte, os Irmãos Hughes fizeram um ótimo trabalho na direção. A fotografia, dirigida por Peter Deming (Estrada Perdida), é excepcional e utiliza atordoantes efeitos para mostrar a passagem do tempo e flashbacks. Outro ponto positivo é o perfeito trabalho de reconstituição de época. O ilustrador Eddie Campbell ficou impressionado com a forma que o desenhista de produção Martin Childs (vencedor do Oscar por Shakespeare Apaixonado), conseguiu recriar o bairro de Whitechapel (cenário dos crimes do Estripador).

A história

From Hell (título original) é um filme sobre pessoas que levam uma vida dura, vivem “no inferno”, e tentam sobreviver às mais duras circunstâncias.

Mary Kelly (Heather Graham), Kate Eddowes (Lesley Sharp), Liz Stride (Susan Lynch), Dark Annie Chapman (Katrin Cartlidge) e Polly (Annabelle Apsion) são algumas dessas pessoas. Prostitutas, vivem numa sociedade que as trata com desprezo. A única pessoa que lhes dá uma certa proteção e atenção é o Inspetor Abberline que é, também, uma pessoa amargurada.

Atormentado por lembranças insuportáveis, Abberline, que perdeu mulher e filho, sempre busca refúgio no ópio. Depois de cinco anos de trabalho em Whitechapel, ele é designado a liderar as investigações sobre o criminoso conhecido como O Estripador, sempre ao lado do Sargento Godley (Robbie Coltrane) que, apesar de ficar intrigado pelos métodos não ortodoxos e clarividentes de Abberline, o ajuda sem questionamentos. Mas, embora as buscas sejam incessantes, o misterioso serial killer continua a cometer seus crimes bizarros, obedecendo quase a um ritual.

Jack, O Estripador nunca foi descoberto. O mistério de sua identidade, seus crimes hediondos cometidos em lugares públicos e sua habilidade em esconder-se pela noite continuam intrigando o mundo, mesmo mais de um século depois. Do Inferno não é o primeiro e não será o último filme a transportar sua história para as telonas, mas certamente, está entre os melhores do gênero.

Do Inferno
From Hell
Do Inferno
From Hell

Ano: 2001

País: EUA

Classificação: 16 anos

Duração: 115 min

Direção: Rick Bota

Roteiro: Carl V. Dupré, Tim Day

Elenco: Dean Winters, Ashley Laurence, Rachel Hayward, Sarah-Jane Redmond, Doug Bradley, Jody Thompson, William S. Taylor, Michael Rogers, Ken Camroux, Trevor White

Nota do Crítico
Ótimo

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.