Filmes

Crítica

Shaft | Crítica

Direto dos anos 70

Érico Borgo
11.11.2000
00h00
Atualizada em
10.11.2016
08h02
Atualizada em 10.11.2016 às 08h02

O mais durão, cool e rebelde dos detetives blackexpoitation (estilo de filmes black dos anos 70) está de volta em SHAFT, com Samuel L. Jackson (Tempo de Matar, Star Wars Episódio I) no papel principal e provando cada vez mais com sua versatilidade que é um dos grandes atores da atualidade.

O detetive John Shaft (Jackson) começa o filme investigando uma briga de bar que acabou na morte de um rapaz negro. O problema maior é que o suposto assassino levado em custódia é Walter Wade (Christian Bale, de Império do Sol), filho de um milionário incorporador que fará tudo para escapar ileso da acusação, inclusive ameaçar a única testemunha do fato, Diane Palmieri, interpretada por Toni Collette (a mãe do menino em Sexto Sentido). Após pagamento de fiança, Wade foge para a Suiça deixando um vingativo, porém paciente, Shaft à espera de uma oportunidade de levá-lo à justiça. A partir daí, uma interessante mistura de ação policial, investigações e questões raciais dão o tom do filme, que tem uma primeira metade excelente, com a música tema original (recheada dos tradicionais pedais wah-wah) cantada e interpretada por Isaac Hayes (a voz do Chef de South Park) presente em quase todas as seqüências. A edição é bastante rápida, porém levada de uma maneira suave graças ao diretor John Singleton, que fez um ótimo trabalho atualizando Shaft dos anos 70 para hoje, tornando-o mais violento e estiloso sem perder o jeito malandro e sedutor do original.

Do meio para o fim, o filme perde o passo e deixa um pouco a desejar, porém a atuação de Bustah Rhymes em um pequeno, porém marcante papel como assistente e motorista de Shaft garante boas risadas, assim como a de Jeffrey Wright (Basquiat) como Peoples Hernandez, um exótico traficante local. Outra participação de destaque é a de Richard Roundtree, simplesmente o John Shaft original da década de 70, agora interpretanto o tio do detetive.

Enfim, Shaft é um ótimo filme policial para quem gosta do gênero ou simplesmente quer se divertir com um pouco de ação despretenciosa.

Shaft
Shaft
Shaft
Shaft

Ano: 1999

País: EUA

Classificação: 18 anos

Duração: 98 min

Direção: John Singleton

Roteiro: Ernest Tidyman, John Singleton, Shane Salerno, Richard Price

Elenco: Samuel L. Jackson, Jeffrey Wright, Christian Bale, Busta Rhymes, Dan Hedaya, Toni Collette, Richard Roundtree, Pat Hingle, Philip Bosco, Vanessa Williams, Lee Tergesen

Nota do Crítico
Bom

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.