Filmes

Crítica

Cada Um na Sua Casa | Crítica

DreamWorks entrega animação tão inofensiva quanto seu protagonista

Marcelo Forlani
09.04.2015, às 09H08

Cada raça alienígena tem a sua especialidade. Os Boovs são ótimos em fugir, com especialização em mudanças. Para escapar de seus inimigos, os Gorgs, eles resolvem virar suas naves na direção do terceiro planeta do Sistema Solar, a Terra. E para abrir espaço para todos os Boovs, os humanos são retirados de seus lares e realocados em cidadelas.

Em geral, os boovs são ótimos súditos e obedecem cegamente à liderança do Capitão Smek (voz original de Steve Martin). A exceção é Oh (Jim Parsons), que gosta de fazer as coisas ao seu jeito - e vive se metendo em confusões. Este é um dos motivos que ninguém gosta dele. Não que isso seja suficiente para fazê-lo desistir de ter amigos. 

A jovem Tip (voz original de Rihanna) escapa dos ETs e consegue se esconder em casa graças a uma engenhoca feita com sucata digna de The Walking Dead. Ao seu lado está apenas o seu gatinho, batizado “Porquinho”. A dupla se encontra e logo tem de começar a agir em conjunto. Tip quer reencontrar a sua mãe. E Oh quer apenas fugir dali antes que seja capturado, após colocar em risco toda a missão na Terra. 

Fofura não é tudo 

Em 2008, a DreamWorks Animation comprou os direitos de adaptar o livro Cada Um na Sua Casa (The True Meaning of Smeakday), de Adam Rex. O projeto só ganhou sinal verde em 2012, com direção de Tim Johnson (FormiguinhaZSimbadOs Sem-Floresta).

Apesar de extremamente fofos, os Boovs são uma raça sem graça. Os roteiristas Tom J. Astle e Matt Ember não conseguem escapar das situações cômicas já esperadas de alienígenas que chegam por aqui e não sabem como as coisas funcionam. É o suficiente para arrancar alguns sorrisos dos pequenos, mas nada além disso. 

Nem mesmo a amizade entre Oh e Tip consegue deslanchar, tornando Cada Um em Sua Casa, um longa-metragem descartável no meio de tantas animações divertidas ou emocionantes sendo lançados pela própria DreamWorks, Pixar,  Disney e Illumination. No fim das contas, o filme acaba sendo tão inofensivo quanto  a invasão dos Boovs. 

Cada um na Sua Casa (2014)
Home
Cada um na Sua Casa (2014)
Home

Ano: 2014

País: EUA

Classificação: LIVRE

Duração: 0 min

Direção: Tim Johnson

Roteiro: Tom J. Astle, Matt Ember

Elenco: Rihanna, Jim Parsons, Steve Martin, Jennifer Lopez

Nota do Crítico
Regular

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.