Filmes

Crítica

A Escolha Perfeita 2 | Crítica

Acca-melhor-que-o-primeiro

Aline Diniz
12.08.2015, às 19H25

A continuação de A Escolha Perfeita, o musical de 2012 que apresentou ao mundo o grupo de coral a capella The Barden Bella, traz de volta as garotas desajustadas - agora em nível global. A Escolha Perfeita 2 leva as jovens a uma competição mundial, provando de uma vez por todas que o assunto é sério quando se trata de reconquistar sua reputação no ramo.

O segundo longa começa quando o último termina: agora campeãs nacionais, as Bellas estão no processo de cruzar os Estados Unidos se apresentando, como em uma "volta olímpica". No entanto, um acidente as torna em párias e e aí que começa o caminho para a redenção.

Não há muitas mudanças com relação ao primeiro e a estrutura permanece praticamente a mesma - há até mesmo a introdução de uma novata com Emily (Hailee Steinfeld). Entre competições informais e apresentações extracurriculares, surge o grupo alemão Das Sound Machine, que será o verdadeiro vilão do longa.

Assim como o primeiro filme, A Escolha Perfeita 2 mostra o quão poderosas são as garotas que decidem correr atrás de seus sonhos e se dedicam inteiramente a isso. Acima de tudo, porém, mostra que há outras prioridades além da faculdade. Um dos principais pontos do longa ocorre quando Beca (Anna Kendrick), que tem como meta ser uma produtora musical profissional, mostra às jovens que aquilo, as competições, são importantes, mas não são tudo na vida.

Diferente do primeiro longa são as músicas escolhidas para a trilha. Enquanto lá as canções, principalmente baseadas no pop, pareciam datadas, trazendo consigo a sensação de um filme desatualizado. Aqui, remixes e mashups deixam tudo, mesmo as músicas mais antigas como "Can You Feel It", "Thong Song", "Baby Got Back" e "A Thounsand Miles", em meio a trilhas mais recentes, são revitalizadas e ganham um ar completamente novo.

Novamente, a dupla de comentaritas vivida por Elizabeth Banks (que também cuida da direção) e John Michael Higgins dá uma leveza e volta a funcionar como um dos alívios cômicos. Cheio de piadas contraditórias, a relação dos dois permeia bem as apresentações, trazendo uma conversação rápida que parece improvisada.

A Escolha Perfeita 2 traz um pouco mais à equação do que o primeiro longa. Com músicas mais interessantes e mais personagens curiosos e divertidos, além da sempre ótima integração do elenco, o musical, que já tem um terceiro filme garantido, parece ter aprendido com os erros do passado.

A Escolha Perfeita 2 (2015)
Pitch Perfect 2
A Escolha Perfeita 2 (2015)
Pitch Perfect 2

Ano: 2015

País: EUA

Classificação: 12 anos

Duração: 135 min

Direção: Elizabeth Banks

Roteiro: Kay Cannon

Elenco: Anna Kendrick, Rebel Wilson, Elizabeth Banks, Hailee Steinfeld, Brittany Snow, Alexis Knapp, Katey Sagal

Nota do Crítico
Bom

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.