Filmes

Crítica

300 - A Ascensão do Império | Crítica

This is NOT Sparta!

Érico Borgo
06.03.2014
18h05
Atualizada em
29.06.2018
02h23
Atualizada em 29.06.2018 às 02h23

Ainda que seja bastante competente em emular a estética do primeiro 300, em especial o alto contraste e as câmeras lentas estilosas, assinatura de Zack Snyder, 300 - A Ascensão do Império (300 - Rise of an Empire) não chega nem perto da bravata machona do longa de 2007. Se o original cativou o público com ação e frases de efeito tão cortantes quanto os golpes de Leônidas, falta bravata e sobram discursos professorais à sequência.

300

None

300

None

O australiano Sullivan Stapleton vive o general Temístocles, uma lenda entre os atenienses ao liderar os exércitos gregos contra as tropas do imperador persa Dario. O filme o acompanha desde o primeiro confronto com os conquistadores do Oriente Médio até os eventos que aconteceram simultaneamente à defesa das Termópilas (a de 300) e alguns meses além. Assim, 300 - A Ascensão do Império conta uma história paralela, que começa antes e termina depois do longa original.

Stapleton, que já não tinha o charme de Gerard Butler (o Leônidas, que só aparece em uma breve cena), é prejudicado pelo roteiro, que insiste em transformar discursos pré-batalha em palestras de auto-ajuda. Temístocles explica suas estratégias o tempo todo, fazendo a ligação com os eventos de 300 de maneira quase vexaminosa. O grego não perde uma oportunidade de lembrar seu plano-mestre para a união da Grécia.

Enquanto conta a história de Temístocles, o longa também narra os acontecimentos no front persa. Rodrigo Santoro começa humano como Xerxes, o filho de Dario, e sua transformação em Deus-Rei é revelada. O brasileiro interage quase que exclusivamente com Artemísia (Eva Green), a comandante das frotas persas e o melhor elemento do novo 300. A guerreira consegue ser mais machona que Temístocles e sua cenas são as mais interessantes do filme - bem como a personagem em si, cujas motivações e reações são devidamente desenvolvidas. Pena que sua cena de sexo tenha uma pausa para entrada de alívio-cômico, como se para não constranger o público, que merece apenas os rios de sangue digital que fluem da tela.

Entre erros e diversas tentativas de repetir sequências do primeiro, ao final, fica a certeza de que as diferenças entre a continuação e o primeiro filme são tão gritantes quanto atenienses e espartanos. É como se o original, em que os guerreiros de Leônidas caçoam dos vizinhos, já profetizasse o que sairia de uma continuação tendo justamente esses "filósofos e amantes de meninos" (LEÔNIDAS, Rei - 2007) como protagonistas.

300 - A Ascensão do Império | Cinemas e horários

300
300
300
300

Ano: 2007

País: EUA

Classificação: 16 anos

Duração: 117 min

Direção: Zack Snyder

Roteiro: Frank Miller

Elenco: Gerard Butler, Lena Headey, Dominic West, David Wenham, Vincent Regan, Michael Fassbender, Tom Wisdom, Andrew Tiernan, Andrew Pleavin, Rodrigo Santoro, Giovani Cimmino, Tyler Neitzel, Greg Kramer, Stephen McHattie, Alex Ivanovici, Kelly Craig, Eli Snyder, Tim Connolly, Marie-Julie Rivest, Sebastian St. Germain, Peter Mensah, Arthur Holden, Michael Sinelnikoff, John Dunn-Hill, Dennis St John, Neil Napier, Dylan Smith, Maurizio Terrazzano, Robert Paradis, Kwasi Songui, Alexandra Beaton, Frédéric Smith, Loucas Minchillo, Nicholas Minchillo, Tom Rack, Tom Rack, David Francis, James Bradford, Andrew Shaver, Kent McQuaid, Marcel Jeannin, Jere Gillis, Jeremy Thibodeau, Tyrone Benskin, Robert Maillet, Patrick Sabongui, Leon Laderach, Dave Lapommeray, Vervi Mauricio, Charles Papasoff, Isabelle Champeau, Veronique-Natale Szalankiewicz, Maéva Nadon, David Thibodeau, David Schaap, Jean Michel Paré, Stewart Myiow, Andreanne Ross, Sara Giacalone, Ariadne Bourbonnière, Isabelle Fournel, Sandrine Merette-Attiow, Elisabeth Etienne, Danielle Hubbard, Ruan Vibegaard, Genevieve Guilbault, Bonnie Mak, Amélie Sorel, Caroline Aspirot, Gina Gagnon, Tania Trudell, Stéphanie Aubry, Mercedes Leggett, Stephania Gambaroff, Chanelle Lamothe, Sabrina-Jasmine Guilbault, Manny Cortez Tuazon, Atif Y. Siddiqi, Camille Rizkallah, Trudi Hanley, Neon Cobran, Gary A. Hecker, Devin Delorme, Deke Richards, Darren Shahlavi, Marc Trottier, Duy Vo Van, Agnieshka Wnorowska

Nota do Crítico
Regular