Creed II | Ryan Coogler esclarece por que não dirigiu a sequência

Créditos da imagem: Warner Bros./Divulgação

Filmes

Notícia

Creed II | Ryan Coogler esclarece por que não dirigiu a sequência

Steven Caple Jr comanda produção

Mariana Canhisares
23.02.2018
18h56
Atualizada em
05.03.2018
22h36
Atualizada em 05.03.2018 às 22h36

O diretor Ryan Coogler esclareu, em entrevista à Variety, por que não dirigiu a sequência de Creed: Nascido para Lutar.

"Quer dizer, claro que era possível. Creed era sobre meu pai e eu, então é um filme que considero difícil de assistir. É difícil até pensar sobre ele, porque tenho muitos laços emocionais, sem falar de o quanto que eu me importo com as pessoas envolvidas. Me importo muito com Mike, obviamente, profundamente com Tessa e fiquei muito próximo de Sly na produção. Essas são pessoas que quero ver se dando bem e ganhando a todo custo. Tem uma questão de timing e esse filme, por qualquer razão que fosse, tinha que ser feito naquela hora. Acredito que é uma benção. É incrível que encontraram um cineasta como Steven Caple Jr., com quem eu fiz faculdade e tenho muito respeito e amor. Mal posso esperar para ver o que ele fez."

Sylvester Stallone assina o roteiro com Cheo Hodari Coker e produz o longa. Michael B. Jordan vai reprisar o papel de Adonis Creed, Tessa Thompson volta como Bianca e Dolph Lundgren será Ivan Drago. Ryan Coogler, que dirigiu o primeiro filme, volta somente como produtor.

Steven Caple Jr. (Class) é o diretor da sequência, que tem estreia marcada para 21 de novembro de 2018.