Imagem de 007 Contra a Chantagem Atômica

Créditos da imagem: 007 Contra a Chantagem Atômica/MGM/Divulgação

Filmes

Notícia

Claudine Auger, atriz de 007 Contra a Chantagem Atômica, morre aos 78 anos

Causa da morte ainda não foi divulgada

Camila Sousa
20.12.2019
10h19

A atriz francesa Claudine Auger, de 007 Contra a Chantagem Atômica, morreu aos 78 anos. Segundo informações da Variety, ela morreu em Paris, mas a causa ainda não foi divulgada.

Auger começou sua carreira de atriz em 1958, no longa Cristina. Nos anos seguintes ela estrelou produções como Paris, Cidade das Ilusões (1963), Grécia Meu Amor (1964), até chegar ao papel da “Bond girl” Domino Derval em 1965, no longa estrelado por Sean Connery.

Após o sucesso do filme de James Bond, Claudine Auger continuou sua carreira de sucesso em produções como Operação San Genaro (1966), Jogo do Massacre (1967), Mansão da Morte (1971), entre outros. 

Além do cinema, a atriz também fez sucesso em séries italianas como Fregoli (1981), Qui c'est ce garçon? (1987) e La piovra 5 (1990). Seu trabalho mais recente foi o filme para a TV Le Rouge et Le Noir, lançado em 1997.