Círculo de Fogo | Roteirista fala de planos descartados para sequência

Créditos da imagem: Warner Bros./Divulgação

Filmes

Notícia

Círculo de Fogo | Roteirista fala de planos descartados para sequência

Segundo filme não saiu exatamente como o planejado

Nicolaos Garófalo
11.09.2019
20h30
Atualizada em
12.09.2019
18h41
Atualizada em 12.09.2019 às 18h41

Roteirista do primeiro Círculo de Fogo ao lado de Guillermo Del Toro, Travis Beachan afirmou que a sequência que foi para os cinemas em 2018 é muito diferente da que ele havia idealizado com o diretor depois do lançamento do original, em 2013.

De acordo com o roteirista, sua ideia inicial era fazer uma prequel que mostrasse a batalha entre o primeiro Kaiju e o primeiro Jaeger, pois ele acreditava que essa luta seria divertida, mesmo que o conceito de prólogos não seja algo que costumem agradar o roteirista.

Outro plano de Beachan, mas, segundo o próprio, “para depois de alguns filmes”, seria mostrar o outro lado da brecha interdimensional, explorando a realidade dos Kaiju.

Ao contrário do que queriam Beachan e Del Toro, Círculo de Fogo: A Revolta acabou sendo uma sequência direta, que se passa dez anos após os acontecimentos do original. Mesmo com a entrada de John Boyega, de Star Wars, no elenco, o novo filme não teve um bom resultado nas bilheterias. Enquanto o primeiro arrecadou US$ 411 milhões no mundo, a sequência fez apenas US$ US$ 290 milhões, para um orçamento estimado em US$ 150 milhões.