Cena de Bohemian Rhapsody/ Divulgação

Créditos da imagem: Cena de Bohemian Rhapsody/ Divulgação

Filmes

Notícia

Bohemian Rhapsody é a 2ª maior abertura de cinebiografia musical nos EUA

Longa estreou dia 1º de novembro

Rafael Gonzaga
04.11.2018
16h14
Atualizada em
04.11.2018
15h27
Atualizada em 04.11.2018 às 15h27

A abertura de Bohemian Rhapsody nas bilheterias norte americanas superou as expectativas e, com orçamento de US$ 52 milhões,  estreou abocanhando US$ 50 milhões no mercado interno e mais US$ 141 milhões em todo o mundo neste fim de semana - foram US$ 10,2 milhões em todo o mundo só em salas IMAX. Contudo, além dos números melhores que o esperado, de acordo com a Forbes, o longa se tornou a segunda maior abertura de uma cinebiografia musical de todos os tempos.

Mesmo contando a inflação, o filme fica no segundo lugar do ranking: a estreia nos Estados Unidos da cinebiografia do Queen só ficou atrás dos US$ 60 milhões feitos por Straight Outta Compton, lançado em 2015.

O elenco principal conta com Rami Malek (Freddie Mercury), Ben Hardy (Roger Taylor), Gwilym Lee (Brian May) e Joseph Mazzello (John Deacon). O filme acompanha a banda desde começo até a apresentação histórica no Live Aid em 1985.

Bryan Singer foi substituído por Dexter Fletcher na direção do longa, que tem Brian May e Roger Taylor como produtores-executivos. A estreia aconteceu em 1º de novembro.