Ator de Top Gun vai processar Paramount por uso de sua imagem na continuação

Filmes

Notícia

Ator de Top Gun vai processar Paramount por uso de sua imagem na continuação

Barry Tubb alega que estúdio não pagou para usar foto contendo seu rosto na continuação

Omelete
2 min de leitura
22.02.2024, às 09H24.
Atualizada em 22.02.2024, ÀS 09H42

O ator Barry Tubb, que interpretou Wolfman no Top Gun original, vai processar a Paramount por uso de sua imagem na continuação. Segundo os documentos do processo, a argumentação é que o contrato original, produzido nos anos 80, nunca mencionou nada sobre uma continuação.

A cena em questão mostra um personagem de Top Gun: Maverick apontando para uma foto dos pilotos alinhados, que foi produzida e usada no filme original. Na foto, Wolfman aparece logo atrás de Maverick. 

Segundo o ator, o estúdio não tinha o direito de usar a foto, nunca pediu permissão e nunca o pagou sequer um centavo. Segundo o TMZ, ele está processando sem especificar os danos. Considerando que o lucro do filme ultrapassou US$ 1 bilhão em bilheteria, certamente a pedida não é baixa.

Retomando a história dos pilotos de elite da Marinha dos EUA, iniciada no clássico de ação de 1986, Top Gun: Maverick faturou quase US$ 1.5 bilhão nas bilheterias mundiais - o segundo maior número de 2022, atrás apenas de Avatar: O Caminho da Água.

Os dois longas da franquia estão disponíveis para streaming no Brasil: Top Gun pode ser visto no Star+ e no Paramount+, enquanto Maverick está no catálogo da Netflix, Paramount+ e NOW.

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.