CODA, filme de Sian Heder

Créditos da imagem: CODA/Divulgação

Filmes

Notícia

Apple compra filme por US$25 milhões durante o Festival de Sundance

CODA, de Siân Heder, se tornou a aquisição mais cara do evento

A cozinha
02.02.2021
22h04

A Apple acaba de bater o recorde de maior valor de aquisição por um produto audiovisual no Festival de Sundance. Durante a versão online do evento, a empresa pagou US$25 milhões (cerca de R$ 134,1 milhões) para adquirir CODA, filme escrito e dirigido por Siân Heder [via Deadline].

Exibido na abertura do festival, CODA (que é sigla para Children of Deaf Adults, ou Filhos de Pais Surdos) é um drama de amadurecimento sobre uma aluna do ensino médio que é a única pessoa com audição dentro de uma família de pessoas com deficiência auditiva. A recepção da crítica e público foi tão boa que a Apple e a Amazon entraram numa disputa pelos direitos de distribuição, com a primeira se saindo vitoriosa.

Com isso, CODA supera o recorde deixado por Palm Springs, comédia estrelada por Andy Samberg (Brooklyn Nine-Nine) e Cristin Milioti (How I Met Your Mother), que estreou no festival em 2020, se tornou cobiçado pelas plataformas e, no fim, foi adquirido pelo Hulu por US$ 22,5 milhões.

Não há data de estreia divulgada para CODA, mas pela aquisição, o longa deve ser lançado nas plataformas digitais da Apple, além de estrear nos cinemas.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.