Gal Gadot, Ryan Reynolds e Dwayne Johnson em premiere de Alerta Vermelho

Créditos da imagem: Janete Weinstein/Omelete

Filmes

Artigo

Estrelas de Alerta Vermelho relembram dificuldades da produção pela pandemia

Longa com Dwayne Johnson, Gal Gadot e Ryan Reynolds chega aos cinemas nesta semana e à Netflix no dia 12

Lígia Modena
04.11.2021
12h32

A noite fria de outono no centro de Los Angeles esquentou com o lançamento do filme Alerta Vermelho na quarta-feira (3). A première do mais novo lançamento da Netflix contou com o trio de atores e estrelas do filme Dwayne Johnson (Arranha-Céu, Jumanji: Próxima Fase), Gal Gadot (Mulher-Maravilha) e Ryan Reynolds (Deadpool), além de toda a produção, direção e muitos outros convidados. 

O filme, que estreia hoje nos cinemas de todo o Brasil e dia 12 na plataforma de streaming, conta a história do agente do FBI John Hartley (Johnson) que tem a missão de capturar uma das pessoas mais procuradas do mundo, a ladra de artes Bishop (Gadot). O que ele não imagina é que, para prender Bishop, ele vai precisar se juntar a outro criminoso do mundo da arte, Nolan Booth, interpretado por Reynolds. O trio acaba se cruzando várias vezes e fica difícil se livrar um do outro.

Alerta Vermelho promete ser grandioso, mas até chegar no resultado final, a equipe passou por algumas dificuldades.  O longa-metragem chegou a ter a produção suspensa em março de 2020 por conta da Covid-19, mas foi um das primeiras produções a retomarem as filmagens durante a pandemia. 

"Não foi fácil, principalmente para a equipe técnica que precisou ficar em um hotel, de quarentena, sem poder ver seus familiares que estavam a poucos quilômetros das filmagens", contou o ator Ryan Reynolds. Apesar dos contratempos enfrentados, o trio ficou muito feliz com o resultado e com a dinâmica entre eles durante as filmagens.

"Conheço o Johnson há 20 anos, a Gal há 10, então posso dizer que tudo fluiu muito bem, foi bem fácil trabalhar com eles. Adoraria que todos os filmes fossem assim", brincou Reynolds. 

Para o ator Dwayne Johnson, a química entre os três foi perfeita. "Tivemos desafios por conta da Covid-19, mas quem não teve, não é mesmo? Mas conseguimos, todo mundo foi ótimo e fizemos um bom filme."

Com um vestido vermelho brilhoso de deixar qualquer 'mulher maravilha' no chinelo, a atriz israelense Gal Gadot foi um dos destaques da noite. Para ela, fazer a transição de uma heroína para uma vilã foi delicioso: "Foi revigorante interpretar a Bishop. A personagem é elétrica, engraçada, e eu gostei muito de fazer este papel", comentou a atriz.

A direção e o roteiro ficaram por conta de Rawson Marshall Thurber, que já trabalhou com o ator Dwayne Johnson em Um Espião e Meio e Arranha-Céu: Coragem Sem Limite. Para ele, o apoio que a Netflix deu, principalmente durante a pandemia, foi fundamental para finalizar o longa: “Estou mais do que emocionado de fazer Alerta Vermelho com a Netflix – uma companhia que acredita em cineastas e em grandes ideias para uma audiência global”.

Alerta Vermelho chega aos cinemas nesta semana e à Netflix no dia 12 de novembro.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.