Aladdin | As maiores diferenças entre o desenho e o live-action

Créditos da imagem: Disney/Divulgação

Filmes

Lista

Aladdin | As maiores diferenças entre o desenho e o live-action

Nova versão mudou detalhes da animação de 92

Julia Sabbaga
23.05.2019
15h50

A nova versão de Aladdin que estreia hoje (23) nos cinemas reimagina a querida história já levada às telas pela Disney em 92 mas, indo na onda dos remakes em live-action, atualiza certas questões datadas do longa original. Mas o Aladdin de Guy Ritchie não apenas ajustou o arco de Jasmine como criou personagens novos e adicionou um tempero moderno à história de Agrabah.

Confira abaixo as principais diferenças entre o desenho de 92 e o novo live-action da Disney:

A ambição de Jasmine

Disney/Divulgação

A diferença principal no live-action de Aladdin está na história da Jasmine. Assim como a princesa do desenho, a personagem é prisioneira de sua posição como filha do Sultão e pode apenas casar com um príncipe, o que a desagrada, mas não é sua preocupação principal. A Jasmine de Naomi Scott tem aspirações políticas e entende que é a melhor opção para suceder o pai no trono de Agrabah, apesar das leis do país não permitirem uma governante mulher. Ainda, é repetido diversas vezes que a mãe de Jasmine vem de outra cidade, Shirabad, o que explica as feições mais indianas da atriz e acrescenta um elemento exótico na sua história. 

O narrador

Disney/Divulgação

O novo Aladdin fez uma escolha curiosa que pode ter sido inspirada em uma deixa do longa original. Enquanto o primeiro filme traz um mercadante como narrador da história no início, quem aparece para introduzir o conto no live-action é o gênio (Will Smith). O curioso é que no desenho, o mesmo mercadante é dublado por Robin Williams, que faz a voz do gênio. A nova versão abre uma questão no longa original também: será que o mercadante no início poderia ser o gênio disfarçado?

Novos personagens

Disney/Divulgação

O live-action também trouxe a introdução de dois personagens novos, o Príncipe Anders (Billy Magnussen) e a Dalia (Nasim Pedrad), ama e amiga de Jasmine. Enquanto Anders tem um papel pequeno como um dos pretendentes da princesa, Dalia faz parte do elenco de apoio, mas seu papel é considerável. Ela não apenas serve como confidente da princesa, como tem um envolvimento não tão pequeno com o Gênio. 

Um interesse amoroso

Disney/Divulgação

O Gênio de Will Smith se inspirou muito no original de Robin Williams, mas o seu personagem ganhou um elemento a mais, que envolve a nova personagem de Dalia. Desde o começo, o ser mágico sente um certo clima com a amiga de Jasmine, e a adição de um interesse amoroso para o Gênio é certamente um dos elementos mais diferentes do longa original. 

O Iago

Disney/Divulgação

Na animação de 92 o Iago, papagaio mascote do Jafar, tem personalidade forte, senso de humor, e age por conta própria, auxiliando até em planos complexos do vilão. No live-action, além de se parecer mais com uma arara, o pássaro se limita a repetir algumas frases e explicitar algumas tramas, com um leve toque ácido. 

A trilha sonora

Disney/Reprodução

A trilha sonora do live-action, de modo geral, apenas desenvolveu as músicas do desenho original, incluindo trechos novos em melodia e letra, especialmente na música dos créditos, uma versão de "Friend Like Me" que traz um rap de Will Smith com DJ Khaled. Mas, assim como a maioria dos remakes e adaptações de musical, o filme traz uma música inédita, criando uma oportunidade para concorrer ao Oscar. No live-action, o momento foi aberto para Jasmine ter sua própria música, a emocionante "Speechless", composta pelos vencedores do Oscar por La La Land, Benj Pasek e Justin Paul

O Jafar

Disney/Divulgação

O Jafar (Marwan Kenzari) do live-action não apenas é mais jovem do que o vilão do desenho como também fornece alguns detalhes do seu passado em um momento. Em uma conversa com Aladdin, o conselheiro do sultão revelou ter o jeito das ruas, e ser um malandro assim como o protagonista. Não fica tão claro se a informação é verdadeira, afinal, Jafar é um enganador, mas ele já se diferencia do desenho por mencionar o seu passado, algo que era totalmente misterioso no longa original.