Filmes

Lista

A Fera do Mar | Confira curiosidades sobre a nova animação da Netflix

Diretor de arte do filme entregou segredos

Omelete
1 min de leitura
A cozinha
07.07.2022, às 14H47
ATUALIZADA EM 07.07.2022, ÀS 16H01
ATUALIZADA EM 07.07.2022, ÀS 16H01

A Fera do Mar, nova animação da Netflix que estreia nesta sexta-feira (8), tem um visual marcante para sua história – e a plataforma revelou algumas curiosidades sobre a arte dele com exclusividade para o Omelete.

A começar pela principal referência do diretor Chris Williams e do diretor de arte Matthias Lechner: Mestre dos Mares - O Lado Mais Distante do Mundo, de Peter Weir, filme que mostrou a vida em um grande navio de modo realista.

Outra referência veio quando Lechner notou que Williams tinha quadros de N. C. Wyeth na parede, mostrando que gosta de aventuras. “Esse artista desenha nuvens e velas de um jeito simplesmente espetacular”, lembrou.

O diretor de arte acrescentou: “Adoro os pintores da Escola do Rio Hudson, especialmente Remington. Sempre quis experimentar o uso de cores antigas e vibrantes em cenários naturais para o visual do nosso filme”.

Lechner ainda explicou outros detalhes da arte do filme. Confira abaixo:

 

Formas

Divulgação

A intenção era que as formas fossem funcionais e verossímeis: “Eu queria que o mundo fosse verossímil, então era muito importante que os navios funcionassem e as formas não fossem exageradas. Além disso, a escala é muito importante no filme. Fazer uma conexão com o mundo real ajuda o público a ter ideia do tamanho dos objetos e espaços com mais facilidade”, explica Mattias.

Personagens

Divulgação

Os personagens foram desenhados de forma anatômica. “Os personagens não são realistas, nem foram feitos com captura de movimentos, mas não chegam a ser exagerados como costuma acontecer na animação. Os olhos, por exemplo, são um pouco menores e a animação é mais controlada”.

Texturas

Divulgação

No filme, as texturas foram detalhadas e viscerais: “As texturas não foram estilizadas para que madeira e pedra tivessem a aparência de madeira e pedra, mas tomamos algumas liberdades. Por exemplo, nós simplificamos um pouco a pele humana para evitar aqueles momentos em que o trabalho fica tão realista a ponto de incomodar o público”.

 

Cores

Divulgação

No que se refere às cores, a equipe optou por usar temas fortes e uma paleta específica para o filme: “As cores foram definidas com temas fortes. O tema de ver o mundo em termos de ‘nós contra eles’, por exemplo, é ilustrado como um embate do vermelho contra o verde. Além disso, usamos o amarelo para representar raiva e corrupção, tivemos momentos bem divertidos em que usamos céus em tom azul bem vivo com nuvens brancas, e usamos também lavanda e magenta, que estão relacionadas à curiosidade e ao desejo”.

 

Iluminação

Divulgação

No quesito iluminação, a aposta foi na luz natural: “Queria que esse filme parecesse iluminado por luz natural e tivesse um pé na realidade, especialmente nas partes de fantasia, mas que ainda fosse possível acrescentar cores filtrando a luz do sol pelas folhas verdes, por exemplo. E para mim foi importante iluminar as cenas com as fontes de luz disponíveis. Isso não costuma acontecer na animação, mas fiz questão que os cenários não parecessem artificiais”.

A Fera do Mar acompanha a jovem Maisie Brumble, que embarca clandestinamente no navio do seu ídolo, o caçador de monstros Jacob Holland. Relutantemente juntos, eles vão se aventurar por águas nunca mapeadas e enfrentar criaturas gigantescas.

O elenco de vozes em inglês conta com nomes como Urban (The Boys), Jared Harris (Chernobyl) e Dan Stevens (A Bela e a Fera).

O filme estreia na Netflix em 8 de julho. 

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.