8 vezes que Terry Crews foi o homem ideal

Filmes

Lista

8 vezes que Terry Crews foi o homem ideal

Relembre grandes momentos fora das telas do astro de As Branquelas, Todo Mundo Odeia o Chris e Brooklyn Nine-Nine

Gabriel Avila
20.03.2020
18h43

Terry Crews é um homem de muitos talentos. Ex-jogador de futebol americano com carreira na NFL, o ator caiu nas graças do público por seus papéis em filmes como As Branquelas e Os Mercenários, além das séries Todo Mundo Odeia o Chris e Brooklyn Nine-Nine. Porém, o ator já mostrou várias vezes que também é maravilhoso fora das telas. Abaixo reunimos 8 vezes em que o astro se provou uma pessoa incrível:

Combatendo o coronavírus ao som de "I Will Survive"

Ver essa foto no Instagram

NOT TODAY, SATAN! I WILL SURVIVE!#safehandschallenge

Uma publicação compartilhada por Terry Crews (@terrycrews) em

Durante o surto de coronavírus que se espalhou pelo mundo, uma das principais recomendações para se manter saudável é lavar bem as mãos. Em uma postagem no Tik Tok, Terry Crews ressaltou a importância da prática ao som de “I Will Survive” (Eu Vou Sobreviver, em tradução livre), sucesso de Gloria Gaynor cujo refrão tem 20 segundos, o tempo recomendado pela OMS para a higienização. Vale lembrar que essa é a canção favorita de Julius Rock, seu personagem em Todo Mundo Odeia o Chris.

Recado para os fãs brasileiros

Terry Crews e o elenco de Os 6 Ridículos estiveram na CCXP 2015 para divulgar a comédia faroeste da Netflix. Em um vídeo fofo para o Omelete, o astro declarou várias vezes que ama o Brasil e que estava no país para compartilhar esse amor. Ao fim da mensagem ele ainda chacoalhou seus músculos do peitoral, confira acima.

Estampou um cartão de débito

Um dos papéis mais queridos de Terry Crews é Julius Rock, pai de Chris Rock na série Todo Mundo Odeia o Chris. Muito trabalhador, Julius é conhecido por economizar cada centavo de seus suados rendimentos. Por suas práticas econômicas, ele se tornou um modelo para pessoas que precisam guardar dinheiro, fama essa que chegou ao ápice em 2017.

Uma fã norte-americana compartilhou em seu Twitter que faria um cartão de débito com a imagem de Julius como forma de controlar seus gastos. Porém, a empresa responsável negou o pedido, afirmando que seria necessária uma autorização por escrito do próprio Terry Crews para que o cartão fosse fabricado. Ao ficar sabendo da campanha, o ator não teve dúvidas e afirmou via Twitter que aprovava a medida.

Ensinando a pintar no Natal

Além de carismático, Terry Crews é um homem de muitos talentos. Em um especial de natal divulgado pelo canal da série Brooklyn Nine-Nine, o ator ensinava a pintar uma típica paisagem natalina com uma árvore cercada por neve. Com aproximadamente 40 minutos, o vídeo é uma aconchegante forma de passar um tempo com o astro, que se diverte muito durante o processo.

Cosplay de He-Man contra o preconceito

Em 2019 a escalação de Halle Bailey para o papel de Ariel em A Pequena Sereia criou uma triste controvérsia. Muitos “fãs” da animação original se incomodaram com a mudança de etnia da sereia, que no filme original é ruiva, e começaram a ironizar a escalação de atores negros para papéis originalmente caucasianos. Uma delas, divulgada por Snoop Dogg, colocava Terry Crews no papel de He-Man. Desdenhando da crítica, o rapper usou a legenda para desafiar o ator a se tornar o príncipe de Eternia. Crews não pensou duas vezes e em poucos dias divulgou uma imagem em que vestia a clássica peruca loira e a armadura no peitoral com os dizeres “como diz Snoop Dogg, continuem reclamando e é isso o que acontece!”.

Se ofereceu para live-action da Pequena Sereia cantando “Under the Sea”

Com a escalação de Halle Bailey como protagonista de A Pequena Sereia, surgiu a possibilidade de que o Rei Tritão também ser interpretado por um homem negro. Interessado no papel, Terry Crews começou a fazer uma bem-humorada campanha na internet se oferecendo para o papel. Em um dos vídeos, ele cantou o refrão de “Under the Sea”, clássica canção da animação interpretada pelo caranguejo Sebastião.

Arrasou no clipe do Muse

Além de brilhar em filmes e séries, Terry Crews também tem participações marcantes em clipes musicais. Além de viver um trabalhador no clipe de "Stay High" de Brittany Howard, o astro protagonizou o clipe de “Pressure” do Muse. Inspirado por clássicos dos anos 1980 como De Volta para o Futuro e Gremlins, a produção acompanha o baile de formatura da escola em que Crews é professor. Porém, após o ataque de uma horda de criaturas monstruosamente fofas, ele acessa um arsenal secreto que revela um traje de combate sci-fi.