Filmes

Lista

10 vilões da cultura pop que se tornaram heróis

Listamos os personagens que mudaram suas jornadas ao longo do caminho

A cozinha
02.11.2019
11h00

Se há muitos mocinhos que se tornam vilões em filmes e séries, o caminho contrário também é bem comum. De O Exterminador do Futuro ao Professor Snape, de Harry Potter, a cultura pop está cheia de personagens que começaram como vilões e se revelaram como bons aliados ao longo do caminho.

Confira abaixo a Omelista com 10 exemplos disso:

Dragon Ball - vários

Foto de Dragon Ball Z
Divulgação

Se tem uma coisa que a franquia Dragon Ball gosta de fazer é transformar vilão em herói, então vamos pegar só três deles como exemplo. O primeiro é o Picollo, que era o grande vilão da última fase de Dragon Ball e logo no começo de DBZ ajuda Goku a lutar contra Raditz e depois se sacrifica para salvar Gohan na luta contra Nappa e Vegeta – vilão esse que quase mata o Goku e eventualmente acaba se casando com a Bulma, tem filhos vive feliz na Terra. O grande ponto de virada pra ele foi sua morte na luta contra Freeza – que, por sua vez, luta em Dragon Ball Super ao lado do Goku contra o Jiren ao lado do Androide 17 – outro vilão que virou herói e por aí vai. 

Godzilla

Foto de Godzilla: Rei dos Monstros
Divulgação

O monstro mais famoso dos cinemas começou destruindo Tóquio e, anos depois, destruiu parte do mundo em um filme Hollywoodiano que usou muito mal Bryan Cranston – fica aqui a crítica ao desperdício desse ator incrível. Em seu segundo filme em Hollywood ele ajuda a humanidade ao enfrentar diversos monstrões e consegue uma pequena redenção. Agora veremos como ele vai se portar em uma luta contra King Kong que acontecerá em breve nas telonas.

Feiticeira Escarlate

Foto de Vingadores: Era de Ultron
Divulgação

Um dos seres mais poderosos do MCU começou como uma das vilãs de A Era de Ultron junto com seu irmão Mercúrio. Porém, ao longo do filme ela encontra redenção e se torna uma das principais heroínas dos Vingadores e é tão poderosa, mas tão poderosa que conseguiu segurar o Thanos sozinha durante a luta decisiva de Ultimato. Se não tivesse sido bombardeada, talvez ela tivesse acabado com o Titã Louco ali mesmo. Agora, depois dessa fase de heroína, ela deve voltar a ser uma vilã no filme do Doutor Estranho – mas ainda não sabemos como isso acontecerá.

Mulher-Gato

Foto de Batman: o Cavaleiro das Trevas: Ressurge
Divulgação

A Mulher-Gato de de Michelle Pfeiffer é um interesse romântico do Bruce Wayne de Michael Keaton, mas no fim das contas ela ainda é uma vilã. Porém, em Batman: Cavaleiro das Trevas Ressurge a personagem aparece como uma anti-heroína: ela rouba o Bruce Wayne? Sim, mas ela também ajuda o Batman a acabar com os planos de Bane. Fora que ela foi uma heroína com Halle Berry em um filme do meio dos anos 2000. 

Homem-Aranha 3 – James Franco

Foto de Homem-Aranha 3
Divulgação

Os primeiros dois filmes do Homem-Aranha de Sam Raimi se seguram muito bem até os dias de hoje. Na época foram sucesso de público, de crítica e então veio o terceiro.... e o terceiro é bem singular. Ele fez muito dinheiro, mas ao mesmo tempo foi um fracasso de crítica e um dos motivos foi o personagem de James Franco. No começo do filme ele é o Duende Macabro, mas bate a cabeça e esquece de tudo. Contudo, ele recupera a memória e vira um vilão manipulador de novo que só no final se arrepende de tudo e ajuda o Aranha do Tobey Maguire. Não é a melhor das ideias, mas aconteceu.

Venom

Foto de Venom
Divulgação

Ao mesmo tempo em que apresentou James Franco como vilão, Homem-Aranha 3 também arcou a estreia do Venom nos cinemas, interpretado por Topher Grace. Anos depois, o personagem ganhou uma segunda chance no cinema com Tom Hardy e o visual ficou bem interessante, mas o filme... isso são outros quinhentos. O importante é que ele virou um herói, salvou o dia e agora vai ganhar uma continuação.

Soldado Invernal

Foto de Capitão América: Soldado Invernal
Divulgação

Esse é um dos personagens mais emblemáticos do MCU. Bucky Barnes começou como uma espécie de tutor e guia para Steve Rogers – que na época era um cara pequenininho. Porém, ele desaparece durante a guerra e anos depois volta como o Soldado Invernal – o grande rival do Capitão América em um dos melhores filmes do Marvel – A luta entre eles é uma das melhores do estúdio até os dias de hoje. Ele foi o grande vilão do longa, mas depois passou por uma grande jornada de redenção que o transformou em um dos principais heróis da Casa de Ideias no cinema.

Snape

Foto de Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 2
Divulgação

Um rapaz incompreendido! Um homem que aceitou ser um vilão por conta de um bem maior. Esse é o Snape, um dos personagens mais marcantes de toda a jornada de Harry Potter. Todos achávamos que ele queria destruir o jovem bruxo e chegou até a matar Dumbledore para manter o seu disfarce. Porém, no momento de sua morte, descobrimos que tudo o que ele fez foi para ajudar o garoto pelas sombras. Ele pode ter sido um vilão aos nossos olhos, mas sempre foi um herói em seu coração.

Loki

Foto de Os Vingadores
Divulgação

O irmão do Thor foi apresentado no primeiro filme do herói como um personagem interessante. Ele foi um vilão mais denso e shakespeariano, que era o desejo do diretor Kenneth Branagh na época. Porém, ele estourou mesmo quando foi o principal rival dos Vingadores. Nesse filme vemos o Loki debochado, folgado e manipulador. O personagem deu tão certo, mas tão certo que Tom Hiddleston ganhou mais espaço em Thor: Mundo Sombrio e virou uma espécie de anti-herói. Já foi um avanço, mas ele ainda manipulou Thor para tomar conta de Asgard no final – lembra da cena pós-crédito? Foi só em Thor: Ragnarok que ele virou um verdadeiro herói, ajudou Thor em sua missão por Sakaard e chegou a se sacrificar pelo irmão em Guerra Infinita – morrendo como um verdadeiro herói. Agora ele vai ganhar uma série, onde deve voltar ao papel de vilão, já que a produção será focada no Loki pós-vingadores – então espere mais trapaça e mentira do rapaz.

O Exterminador do Futuro

Foto de O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final
Divulgação

Esse é um dos maiores vilões da história ao mesmo tempo que é um dos maiores heróis. No primeiro filme de 1984, Arnold Schwarzenegger é uma máquina de matar vinda do futuro com o único objetivo de assassinar a indefesa Sarah Connor. Anos depois ele volta, mas ela estava muito mais preparada... só que ele não veio pra matá-la e, sim, pra proteger John Connor.