Filmes

Notícia

Festival de Cannes | Guardiões da Galáxia é o meu filme de super-herói favorito, diz Steven Spielberg

Cineasta americano exibiu seu novo longa, O Bom Gigante Amigo, na Croisette

Rodrigo Fonseca
15.05.2016, às 13H12
ATUALIZADA EM 29.06.2018, ÀS 02H37
ATUALIZADA EM 29.06.2018, ÀS 02H37

Definido no Festival de Cannes como sendo um “Spielberg de raiz”, por marcar um regresso do quase septuagenário cineasta ao universo fabular de sucessos como E.T.- O Extraterrestre (1982), O Bom Gigante Amigo (The BFG) caiu nas graças da Croisette em sua exibição hors-concours no 69° Festival de Cannes, no sábado, garantindo adesão apaixonada da critica pelo filme e muita curiosidade acerca das opiniões do realizador sobre a atual situação da industria audiovisual.

Como o pilar do mercado hoje, em termos de blockbusters são os filmes de super-heroi, o realizador de Os Caçadores da Arca Perdida (1981) não escapou de perguntas sobre suas predileções acerca desse filão. E, em meio à promoção de seu novo longa-metragem Cannes, Steven Spielberg abriu seu coração.

None

"Gosto muito do Superman, de Richard Donner, do Cavaleiro das Trevas, de Christopher Nolan, e do primeiro Homem de Ferro, mas filme de super-heroi que mais me impressionou é um que não se leva muito a sério: Guardiões da Galaxia. Quando a projeção dele acabou, eu sai com a sensação de ter visto algo novo no cinema, sem qualquer cinismo nem medo de ser dark, quando necessário", disse o cineasta em entrevista com críticos de diferentes nacionalidades.

"Existe uma diferença entre heróis e super-herois. O herói é uma pessoa comum que se depara com um fato grave e age para modifica-lo. Um herói é uma pessoa que, andando pela rua, vê um carro pegar fogo e corre para ajudar a pessoa que esta no banco do motorista, presa ao cinto de segurança, a se soltar. Super-heroi é uma pessoa que, diante da mesma cena, voaria até o carro e tentaria vira-lo de cabeça para baixo e sacudi-lo, usando sua superforça, até que o motorista se solte. Eu me identifico mais com o primeiro exemplo. Filmo heróis cotidianos".

O herói de O Bom Gigante Amigo é uma garotinha, Sophie, vivida pela espoleta Ruby Barnhill, que ajuda um criatura tamanho GG a escapar do bullying de seres ainda maiores do que ele. A produção estreia no Brasil no dia 28 de julho.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.