Adam Driver em cena de Megalopolis (Reprodução)

Créditos da imagem: Adam Driver em cena de Megalopolis (Reprodução)

Filmes

Artigo

Coppola diz que Megalopolis foi “dirigido por todo mundo”: “Parceria criativa”

Adam Driver ajudou muito na sala de edição, segundo o próprio cineasta

Omelete
3 min de leitura
17.05.2024, às 09H37.
Atualizada em 18.05.2024, ÀS 09H20

Francis Ford Coppola passou toda a coletiva de imprensa de Megalopolis no Festival de Cannes 2024, na tarde de hoje (17), incomodado com o fato de que a maioria das perguntas dos jornalistas na sala se dirigiam a ele. Tanto foi assim que, em certo ponto da conversa, acompanhada pelo Omelete, o cineasta começou a elaborar melhor o quão colaborativo foi o seu processo durante a feitura do longa.

Eu estou aqui sentado no centro da mesa, e fica parecendo que eu sou o cara principal, o responsável pelo filme. Esse filme, na verdade, é uma colaboração entre todas as pessoas que estão nessa mesa, e muitas outras. Eles fizeram o filme, nós fizemos o filme juntos. Eu não fiz nada sozinho”, comentou ele, explicando a seguir que a própria natureza experimental de Megalopolis ditou um ambiente muito mais aberto à colaboração.

Quando você decide fazer um filme como este, não faz ideia de como proceder. Vamos ser sinceros, eu não tinha outra coisa com o que comparar, seja na minha carreira ou nos filmes que eu amo”, continuou. Os atores que estão aqui não chegaram no set e disseram suas falas, mas também participaram da edição, por exemplo. Adam [Driver, que interpreta o protagonista César] foi muito útil nesse estágio, dando ótimas sugestões sobre o que manter e o que cortar do filme. Megalopolis deveria dizer ‘dirigido por todo mundo’ nos créditos, e não digo isso somente para ser gentil. Essas pessoas foram minhas parceiras de criação.

Surpreso, o moderador da coletiva Didier Allouch se virou para Driver e perguntou se ele de fato havia entrado na sala de edição de um cineasta venerado como Coppola e dito: “Talvez você deva cortar isso aqui?”. Um pouco constrangido, como sempre, o astro do filme replicou: Bom… sim.

As pessoas que estão vendo Megalopolis agora, com a narrativa toda em torno do filme ser um projeto que Francis está desenvolvendo há décadas, devem pensar que chegamos para as filmagens e ele já tinha o filme dentro da cabeça, que o nosso trabalho era executar. Mas foi o oposto disso”, contou Driver. Francis é um homem muito generoso, ele te deixa à vontade para sugerir coisas, e à vontade para estar errado às vezes. Fazer este filme foi como participar de uma peça de teatro experimental, e eu acho que é isso que faz dele uma obra tão rebelde e tão excitante.

O Festival de Cannes 2024 acontece entre 14 e 25 de maio, exibindo filmes aguardados como Furiosa: Uma Saga Mad Max e Megalopolis, de Francis Ford Coppola, entre muitos outros. Fique de olho no Omelete para a cobertura completa.

 

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.