Séries e TV

Artigo

Fear the Walking Dead | Chegada de Morgan transforma derivado em uma sequência

Estreia da 4ª temporada é o ponto de entrada perfeito para novos espectadores - e isso levanta algumas dúvidas

Arthur Eloi
13.04.2018
18h38
Atualizada em
29.06.2018
02h48
Atualizada em 29.06.2018 às 02h48

É difícil dizer que Fear the Walking Dead tenha tido uma jornada tão agradável quando The Walking Dead. O derivado começou em 2015 e sofreu até encontrar sua voz e criar histórias interessantes, mas nunca recebeu o mesmo reconhecimento que o programa original. A AMC parece ter reconhecido a dificuldade e agora está juntando suas duas criações para criar algo ainda maior.

A quarta temporada, que estreia em 15 de abril, mostra como a série se reinventará com a chegada de Morgan (Lennie James), o sobrevivente atormentado que ajuda Rick (Andrew Lincoln) na primeira temporada do original. "What's Your Story?", primeiro capítulo do novo ano de Fear, recepciona o personagem - e alguns novos rostos - com uma espécie de soft reboot da série: um novo ponto de entrada para o público que não apaga a cronologia anterior, como Doctor Who fez em 2005.

A conclusão da batalha entre Rick e Negan (Jeffrey Dean Morgan) - que é revelada no episódio - fará com que Morgan parta em uma jornada pelas estradas dos Estados Unidos, apenas com o objetivo de sobreviver sozinho. Seu plano solitário é interrompido quando dá de cara com John, um carismático pistoleiro interpretado por Garret Dillahunt (Deadwood, The Gifted). Os dois acabam envolvendo-se com gente perigosa, precisando ser resgatados por Al (Maggie Grace, de Lost) - sobrevivente que passava por perto da comoção em um veículo blindado e fortemente armado. Rapidamente, um novo trio de protagonistas é criado.

O capítulo foca por completo nas adições, deixando claro seu objetivo de servir como porta de entrada para novos fãs - seja aqueles já familiarizados com The Walking Dead ou que sequer assistiram uma cena de qualquer um dos programas. Antes, as séries meramente compartilhavam o mesmo universo, com nenhuma conexão exceto os zumbis. Agora a coisa é diferente: Fear the Walking Dead é como uma sequência direta ao programa original, criando novas situações e personagens para, eventualmente, serem utilizados por lá.

AMC/Divulgação

Isso já havia sido indicado quando Scott M. Gimple, controverso showrunner de The Walking Dead, assumiu uma posição a lá Kevin Feige para supervisionar todo o "universo" da franquia baseada nas HQs de Robert Kirkman. "What's Your Story?" deixa a intenção clara não só na narrativa mas até na linguagem visual, que agora se aproxima mais do primeiro seriado.

Isso é bom, certo?

A união das duas séries pode se provar muito valiosa a longo prazo, principalmente quando teorias sobre as possíveis introduções dos Sussurradores e da Nova Ordem Mundial são levadas em conta. O derivado realmente pode ter uma ligação com o grupo de Alpha, e a mega-cidade mostrada no arco mais recente dos quadrinhos - e indicada no seriado - pode ser o ponto onde todos os personagens de ambos os programas se reunirão.

Mesmo assim, é difícil tirar a sensação de que Fear the Walking Dead corre o risco de perder sua personalidade. A série não teve o melhor dos começos, mas descobriu como trabalhar seus protagonistas, criar conflitos não-repetitivos e surpreender o espectador com certa frequência por não seguir as mesmas amarras que The Walking Dead segue. Colocá-la na mesma linha temporal pode apagar todo esse progresso: o primeiro episódio, por exemplo, já faz pouco caso dos protagonistas do derivado, que têm apenas alguns minutos de tempo de tela e nos momentos finais. Há a desculpa de que foi apenas um crossover, mas o descaso levanta dúvidas de como o arco principal será tratado nos demais capítulos.

Seja como for, o futuro da franquia parece intrigar. O programa original está prestes a passar por uma mudança de direção e já apareceram rumores de que a nona temporada aplicará a mesma técnica de soft reboot.

Mais do que nunca, parece que The Walking Dead está prestes a entrar em uma nova era - resta apenas ver se os problemas serão deixados no passado ou multiplicados para outro programa.

Fear the Walking Dead é transmitida no Brasil pelo canal pago AMC aos domingos, às 22h30.