Filmes

Vídeo

A Toda Prova | Omelete Entrevista Ewan McGregor

Ator fala sobre sua participação no filme, karaokê, documentários e próximos projetos

Equipe Omelete
12.04.2012, às 18H01
ATUALIZADA EM 21.09.2014, ÀS 17H16
ATUALIZADA EM 21.09.2014, ÀS 17H16

Nesta semana estreia A Toda Prova (Haywire), novo filme do diretor Steven Soderbergh que fez filmes como a trilogia de Onze Homens e um Segredo e o mais recente Contágio.

A Toda Prova conta a história de Mallory, agente especial que, após ser traida, vai atrás de vingança. Mallory é interpretada pela lutadora de MMA Gina Carano.

Ewan McGregor também está no elenco do filme, no papel de Kenneth, empresário do grupo de operações especiais no qual Mallory trabalha. O ator conversou com o Omelete e falou sobre não ter participado da ação do filme, como gosta de trabalhar, karaokê e suas duas viagens documentadas: Long Way Round e Long Way Down.

Confira:

Eu nunca tinha te entrevistado na frente das câmeras, mas normalmente eu começo com algumas perguntas divertidas. Qual é a sua música de karaokê favorita?

"Angels", do Robbie Williams.

Certo. Você claramente demonstrou a sua voz em "Moulin Rouge". Você faria um pouco disso agora ou...

Não.

(voz no fundo) Que bom.

Não.

Eu tinha que ao menos perguntar.

Sim, é justo.

Sua carreira foi ótima até agora, você fez ótimos filmes. Quando você está esperando na fila da Starbucks sobre qual filme as pessoas sempre querem falar?

Cada vez mais, hoje em dia, as pessoas querem falar sobre as minhas viagens de moto em "Long Way Round". E "Long Way Down". Acho que as pessoas... Era eu mesmo. Eu não estava fazendo um papel. É um documentário. Meu amigo Charly e eu fomos de Londres a Nova York sentido leste. E na segunda viagem fomos do norte da Escócia até a Cidade do Cabo, na África do Sul. Nós documentamos as duas viagens de moto e... fizeram bastante sucesso e as pessoas gostam. Acho que as pessoas sentem, por ser eu mesmo naquela situação, que elas podem vir falar comigo mais sobre isso.

Passando para o motivo de eu estar aqui. Eu achei o filme ótimo e achei a ação uma das melhores que vi em anos. Fale um pouco sobre como você se envolveu e você ficou desapontado de não ter que correr pelos telhados e fazer aquelas loucuras?

Queria ter feito mais. Me envolvi porque o Soderbergh me ligou e disse que queria falar sobre um filme. E eu sempre quis... Eu tive a oportunidade de trabalhar com ele muito tempo atrás mas por algum motivo não tinha rolado. Então fiquei muito feliz que ele veio me dar outra oportunidade. E... pelo que ele disse, ele vai parar de dirigir. Espero estar errado, mas tive a chance de fazer antes que ele parasse. E depois eu li e eles falaram sobre a Gina, que eu não conhecia, vi os vídeos dela no YouTube e fiquei surpreso com o trabalho dela. Eu amei o roteiro. Tinha muitos dos elementos que gostamos dos filmes do James Bond e dos filmes "Identidade Bourne". Mas é mais brutal com uma protagonista mulher. Estamos assistindo uma agente secreta mulher. Eu acreditava nele e em toda a sua ideia... e o roteiro. Ele fez um filme muito melhor que a gente imaginava. Quando eu assisti ele tinha elevado a um filme super legal. Isso é muito gostoso de assistir.

Concordo. Alguns atores gostam de dois takes, outros gostam de 50 takes. Qual é o seu nível de conforto?

Dois, três. Eu acho que... Sempre senti que o primeiro take, sendo o melhor ou não, é o mais interessante porque é a primeira vez que você passa por aquele momento com o personagem. Aí você faz mais descobertas. E normalmente depois disso você tenta recriar algo que aconteceu no primeiro take. Normalmente as coisas não funcionam no primeiro take por outros motivos técnicos ou alguém no fundo está cutucando o nariz ou algo assim. Mas os últimos takes são melhores para mim.

Tenho que encerrar, mas rapidamente: você pode falar um pouco sobre "Jack - O Matador de Gigantes"? O que as pessoas podem esperar?

Sim, acho que vai ser muito legal ver a gente escalando o pé de feijão. Sei que foi um pesadelo fazer porque estávamos tentando escalar o pé em um estúdio com máquinas de chuva, vento e relâmpago. E era desconfortável tentar escalar um pé de feijão usando armadura. Não foi fácil. Mas quando vi o teaser pensei: "Parece fácil, então eles devem ter feito certo".

Legal. Tenho que encerrar. Parabéns por tudo, cara. É ótimo te ver.

 

Michael Fassbender, Dennis Quaid, Michael Douglas, Channing Tatum, Antonio Banderas, Bill Paxton, Michael Angarano e Matthieu Kassovitz também estão no elenco. O roteiro foi escrito por Len Dobbs, que já fez Kafka e O Estranho para Soderbergh. Já a trilha é assinada por David Holmes, que já trabalhou com Soderbergh na trilogia Onze Homens e Um Segredo e em Irresistível Paixão.

A Toda Prova estreia em 13 de abril no Brasil.

Assista à entrevista com Channing Tatum

Assista à entrevista com Gina Carano

Leia mais sobre A Toda Prova

 

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.