Filmes

Vídeo

O Vingador do Futuro | Omelete Entrevista Len Wiseman

Diretor do filme fala que que a versão estendida estará finalizada.

Equipe Omelete
13.08.2012, às 23H42
ATUALIZADA EM 21.09.2014, ÀS 17H17
ATUALIZADA EM 21.09.2014, ÀS 17H17

Nosso correspondente de Hollywood, Steve Weintraub, conversou com Len Wiseman, o diretor do remake de O Vingador do Futuro.

No bate-papo, o cineasta fala sobre a produção do filme, cenários, efeitos especiais e também sobre cenas deletadas e a versão estendida para o Blu-ray.

Como você está hoje?

Len Wiseman: Eu estou bem.

Deixe eu começar falando parabéns pelo filme. Eu gostei muito!

LW: Ótimo.

Eu vi ontem à noite. É literalmente um filme em que a ação não para. Estou curioso se, quando você estava produzindo o filme... Esta deve ter sido uma filmagem desafiadora. Não deve ter sido fácil.

LW: Não. Foi a coisa mais difícil que eu já fiz na vida. Em escala, foi muito mais difícil que "Duro de Matar". Foi simplesmente... Foi uma filmagem grandiosa. Então, nele... tem os maiores efeitos especiais que eu já fiz, mas também tem os maiores efeitos práticos que eu já fiz. Então, em toda cena tinha uma complicação,  e algum detalhe. Mesmo nas cenas dramáticas tinha alguma coisa para arrumar. Então, foi um esforço.

Uma das coisas boas do filme é a mistura entre os cenário reais com os desenhos de produção, misturado com coisas como esta do cartaz atrás de você. Realmente pareceu outro mundo. Fale um pouco sobre a produção disso.

LW: Eu realmente... Eu estive... Eu amo fazer isso. Eu amo criar um mundo. E foi... Este foi... Começou com... Foi criado, primeiramente, pela história do roteiro. É um momento em que o mundo é quase inabitável, e só tem duas zonas sobrando. Se só restam estas duas zonas para todos os humanos sobreviverem, como seriam  estas culturas? É uma junção de todos os tipos de sociedade, o que significa todos os tipos de arquitetura. Então, para o que está aqui atrás, que é a vista do apartamento de Quaid e tudo na Colônia, nos inspiramos em alguns bairros do Brasil. A parte da água teve uma influência asiática. Muitas dessas sociedades são agrupadas. É fascinante e divertido, como um designer, criar um mundo em que você pode pegar elementos de qualquer cultura que quiser.

Na Comic-Con, nós falamos que terá um corte do diretor para o Blu-ray. Agora que vi o filme, eu estou ainda mais curioso sobre o que foi cortado do filme. Você pode falar alguma coisa? Alguma cena específica que as pessoas devem esperar?

LW: Em termos de cena que nós cortamos... tem uma cena em que Colin vai falar com um homem do RH que, depois que as bombas explodiram no ataque terrorista que aconteceu... Eles... Um pouco de... Um agente entra e ele é interrogado. O perfil racial é o que faz a política do mundo lá. E nós não tivemos tempo para isso. E... Então, é algo... Muito do que está lá é... Eu espero que as pessoas gostem. Espero que não achem que eu estou estendendo demais o filme. Eu realmente gosto de entrar nessas cenas e realmente discorrer sobre a fantasia delas. Muitas são sobre o drama entre fantasia e realidade, que eu resolvi estender. Quando se está filmando um filme, fazer umas coisas a mais, especialmente nos diálogos... Você está lá. Você tem tempo de experimentar e brincar com tudo. E muitas das coisas que não funcionam por causa do ritmo, eu ainda sinto falta. Como diretor, você se aplica a elas. E... Então, é... Eu amo que você pode existir em duas formas.

Eu tenho que terminar, mas rapidamente: os 17 minutos extras que virão no Blu-ray são cenas finalizadas?

LW: Estarão finalizadas. A Sony foi ótima, e pagou por tudo. O que foi ótimo. Porque era muita coisa para fazer. Muitos efeitos especiais e cenas estendidas. Então, estão todas finalizadas. Não tem... Você não verá nenhuma tela verde. Eu queria ter certeza que, se eu conseguisse, estivessem finalizadas, completas, com os efeitos visuais prontos. Então, demorou para terminar tudo.

Legal. Eu tenho que terminar com você, ou ficarão muito bravos.

LW: Tudo bem.

Muito obrigado.

O Vingador do Futuro estreia no Brasil em 17 de agosto.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.