Filmes

Vídeo

Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2 - Omelete entrevista Tom Felton

Draco Malfoy fala sobre o fim da franquia, a jornada de seu personagem, sua amizade com os outros atores e mais

Equipe Omelete
20.07.2011
20h20
Atualizada em
21.09.2014
17h09
Atualizada em 21.09.2014 às 17h09

Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2 já está nos cinemas e o Omelete teve a oportunidade de entrevistar o ator Tom Felton, que interpreta o personagem Draco Malfoy, em sua passagem pelo Brasil.

Depois de uma disputada pré-estreia no Morro da Urca, no Rio de Janeiro, onde Felton teve o tapete vermelho só para si e respondeu algumas perguntas dos 600 fãs agraciados com um convite, nós conversamos com o ator sobre o fim da franquia, a jornada de seu personagem, sua amizade com os outros atores e mais. Assista ou leia a transcrição, abaixo.

Olá Tom, como você está hoje?

Muito bem, muito obrigado. E você?

Também. Parabéns pelo filme, primeiramente. Você deve estar muito orgulhoso de chegar ao final disso tudo.

Sim, claro, essa é provavelmente a primeira emoção que me vem à cabeça: orgulho. Estamos muito orgulhosos coletivamente, como uma família, daquilo que atingimos, especialmente nesse último.

E já caiu a ficha que você não vai voltar para fazer mais um filme?

Não muito. Mais ou menos, eu diria. Estávamos ansiando por este último filme durante tanto tempo que a ideia de que já acabou ainda não foi absorvida, eu acho. No momento, eu ainda estou curtindo a onda de empolgação deste último lançamento.

Durante esses últimos oito filmes, você fez muitas coisas, como cenas de ação, tela verde, trabalhou com quatro diretores. Muitos atores da sua idade não podem dizer o mesmo. Qual a sua parte favorita do processo de filmagem?

Essa é uma boa pergunta. Eu me lembro que, quando era criança, ficava muito animado de ficar suspenso, pendurado em cabos, colchões de segurança e essas coisas... Quer dizer, cenas de ação são muito legais. Apenas ficar pendurado em cabos é muito divertido, porque você pode subir muito alto e não importa o que aconteça, você está bem. E eles escondem os cabos também, então você nem sabe que está usando. O que é ainda melhor.

Nos livros, os Malfoys são um pouco mais perigosos. E, às vezes, nos filmes, eles parecem... Lúcio parece um vilão desastrado. Você gostaria de poder ser um vilão completo, verdadeiramente mau, ou você gosta daquela redenção pela qual o Draco passou?

Eu não acho que nada vai parecer remotamente mau ao lado de Voldemort. Ele é meio... o que você pode fazer para ser mais mal do que ele? então é legal que os Malfoys, apesar de serem desprezíveis e terríveis, há um senso de humanidade e vulnerabilidade neles. E esperamos que isso só faça do Voldemort um vilão ainda maior, até pelo fato de que ele nem parece humano.

Há uns dez anos atrás, eu era muito fã dos livros e eu escrevia fanfics.

Ah é?

Sim. E o que é muito legal desse universo, criado pelos fãs, e que todo mundo gosta, é que todo personagem pode ser a estrela de sua história.

Sim, claro.

Existe alguma situação que você gostaria de ter vivido como Draco, nas telas, que você nunca teve a oportunidade, porque ele é um personagem coadjuvante?

Uau. Essa foi inesperada. Na verdade não. Ele teve uma ótima, uma fantástica jornada. Teve umas cenas muito legais. Acho que teria sido legal ter uma batalha final e épica com alguns dos outros personagens, talvez com Neville. Acho que Draco e Neville deveriam ter se enfrentado.

Nós pedimos para nossos leitores, no Twitter e no Facebook, para mandar perguntas para você. E as duas mais populares foram: 1 - Qual será o seu nome na carreira de rapper? Esse foi um boato louco.

Ainda não inventei um nome decente. Eu tenho que pensar sobre isso e vou tuítar depois. Mas eu definitivamente não estou atrás de uma carreira no rap.

É, eu sei. Foi um boato absurdo e deixou todo mundo intrigado. E a segunda pergunta foi qual o seu filme preferido, dos oito?

Eu tenho uma coisa pessoal... Eu amo o segundo filme, só porque eu adoro a Câmara Secreta, e Gilderoy Lockhart é um ótimo personagem. Mas esse último filme é provavelmente o mais especial, e definitivamente o melhor. Eu acho que é um ótimo capítulo final para todos os oito filmes.

Ao longo desses oito anos, dez anos, você e o elenco são como uma família. De qual pessoa do elenco você é mais próximo?

Bem, nós somos todos uma pequena família, mas sou muito próximo do Matthew Lewis, que interpreta o Neville. Ele tem sido um ótimo amigo há muitos anos. Então, sim, gostamos muito da companhia um do outro.

Que legal. E agora você está saindo de uma das maiores franquias da década, e entrando em uma das mais clássicas, que é "Planeta dos Macacos".

Claro.

Você poderia falar um pouco sobre isso?

É claro. Foi muito divertido. Não precisei ouvir muito mais que "Planeta dos Macacos", para querer me envolver. É empolgante. Eu ainda não assisti ao filme, mas obviamente vai sair em alguns meses, ou no final do ano. E vai ser um filme empolgante com certeza. Eu estou ansioso para assistir.

Ótimo. Obrigada. Eu tenho que encerrar, mas parabéns pelo filme e muito obrigada.

Muito obrigado, é muito bom ouvir isso.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.