Filmes

Vídeo

Ender's Game – O Jogo do Exterminador | Omelete Entrevista Harrison Ford

Ator fala sobre sua carreira e o filme

Equipe Omelete
13.12.2013, às 13H04
ATUALIZADA EM 21.09.2014, ÀS 17H22
ATUALIZADA EM 21.09.2014, ÀS 17H22

Em entrevista para Marcelo Hessel, Harrison Ford fala sobre o prêmio recebido pela sua carreira, a importância do livro e do filme Ender's Game – O Jogo do Exterminador (Ender's Game), Os Mercenários 3 e Star Wars VII.

Primeiramente, prazer em conhecê-lo, senhor Ford.

Harrison Ford: É um prazer, obrigado.

Parabéns pelo prêmio que você receberá hoje à noite.

HF: Estou recebendo do Hollywood Film Festival um prêmio pela minha carreira.

Como você se sente recebendo tal prêmio, é desconfortável pra você?

HF: É uma atenção generosa que veio a mim e eu sou grato por isso, eu sei que uma carreira é baseada em acidentes de sorte, colaboração... Veja, eu estou muito feliz por poder trabalhar nesse ramo pelo tempo que trabalhei e não tenho nenhuma ambição de pegar essa oportunidade de receber o prêmio pela minha carreira e... parar de trabalhar. Então, no que cabe a mim, estou no meio da minha carreira.

Nesse filme, é um filme de crianças, mas também é um filme político, é sobre crianças aprendendo a fazer guerra à distância...

HF: Eu não acho que seja  tanto um filme de crianças, para dizer a verdade. Acho que o que descobrimos foi que esse livro, que foi escrito 28 anos atrás, e previu a internet, previu a guerra à distância, tem sido um livro que muitos jovens acharam bem útil em suas vidas, está sendo usado na academia militar do corpo de fuzileiros do exército dos Estados Unidos pelas coisas que diz sobre liderança, responsabilidade e ética na liderança. Eu acho que muitos dos mais velhos passaram ele adiante aos seus filhos devido aos assuntos de importância e ao considerado. Eu acho que fizemos um filme que se sofisticou muito mais do que se espera de um filme de crianças, e um filme que é muito útil para famílias verem juntas porque os problemas que esse jovem, Ender, enfrenta são problemas que uma família pode resolver de maneira única então eu quero que famílias inteiras vejam esse filme, acho que seria útil para eles.

Foi por isso que você escolheu fazer esse filme?

HF: Eu escolhi fazer esse filme porque eu achei que ia ser uma boa diversão, uma inspiração para se pensar em alguns dos problemas que fazem parte da narrativa da história e eu vi um personagem para fazer que é diferente de todos os meus papéis anteriores, um personagem complexo cuja utilidade na narrativa em geral eu conhecia.

Você está interpretando um piloto em "Os Mercenários 3", e você também é um piloto na vida real. Você pilotou um avião de verdade no filme?

HF: Não, eu tive a tela azul, a versão de tela verde do helicóptero para pilotar no filme.

E claro que tenho que te perguntar sobre "Star Wars VII". Eles planejam fazer depois dele um filme sobre Han Solo, como você se sente sobre isso, é algo que você gostaria de ver?

HF: Eu não faço ideia, nesse ponto.

Nos anos 70 você discutiu com o George Lucas sobre o passado de Han Solo, quando faziam os primeiros filmes?

HF: Eu tenho uma história minha para o Han Solo que eu nunca falei pra ninguém, eu tenho uma noção de quem ele é, e eu sei mais do que isso, o mais importante é que eu sei o que é útil para contar a história em geral.

Voltando para Ender's, como você se sente de volta à ficção científica?

HF: Sabe, eu não procuro por um gênero de filme em particular, eu procuro por um bom filme que vai ter valor de entretenimento, que tenha um valor emocional para as  pessoas na audiência, eu procuro fazer uma conexão emocional com a audiência.

Legal, muito obrigado.

HF: Eu que agradeço, foi um prazer.

 


Ender's Game - O Jogo do Exterminador estreia dia 20 de dezembro nos cinemas

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.