Filmes

Vídeo

Carrie - A Estranha | Omelete Entrevista Chloë Grace Moretz

Steve Weintraub é entrevistado por Chloë Moretz

Equipe Omelete
03.12.2013
18h58
Atualizada em
21.09.2014
17h22
Atualizada em 21.09.2014 às 17h22

Nosso correspondente Steve Weintraub, conversou com a protagonista de Carrie - A Estranha (Carrie), Chloë Grace Moretz, e no início teve uma inversão de papéis. Ela fala sobre a reação de sua família em relação ao filme, a experiência de ter feito o filme e os critérios para a escolha de novos papéis.

 

Como você está hoje?

Cara, que loucura ter você e o McWeeny aqui, vocês são todos minha galera. Nossa, eu sinto como se nos conhecêssemos há anos.

Mas isso realmente é verdade, quando "Kick-Ass" estava sendo lançado...

10 ou... Eu tinha 12 anos?

Algo assim, ou 11, ou não...

12, 11...

Na verdade eu não sei, eu...

não nascida...

Um pouco depois disso, mas não lembro a idade exata. Você tem feito muitas entrevistas hoje.

Sim.

E tem feito muitas entrevistas recentemente.

Sim.

Vou virar o jogo e perguntar: Sobre o que você quer falar?

Hm, meu Deus, você quer que... vou começar, ok? Vamos ver... Qual o seu doce favorito?

Você está me perguntando?

Estou.

É uma boa pergunta! Eu gostava de "Watchamacallits".

Meu Deus, que retrô! #TBT

Estou muito velho pra isso, a bola voou muita acima de mim.

Cara, eu sei, brilhante.

Vou ficar sério por um segundo.

Areia ou neve?

Neve.

Gummy Bears ou Sour Patch Kids?

Gummy Bears.

Esquiar ou snowboard?

Esquiar, só porque muitos dos meus amigos quebraram o pulso fazendo snowboard.

Ok...

É verdade.

Europa ou África do Sul?

Europa.

Ó, ok, legal, ok.

Ok, agora vamos começar.

Tá...

Mas eu gostei da reviravolta, foi muito bom.

Né.

Eu não estava preparado para todas aquelas perguntas.

Sabe, é assim que eu me sinto.

Eu, eu...

Você está bravo mas eu estou sob o holofote, você tem seus papéis. Eu não tenho papéis!

Na verdade não tem muito escrito aqui.

Rabiscos?

Mais as coisas de emergência.

Chocolate, salgadinhos, leite.

É a minha lista de compras do super-mercado. Falando um pouco sobre...

A fazer:

Legal.

Rabiscar.

Aproveitando isso, quando você contou para seus amigos e família que ia fazer o filme a reação imediata deles foi?

Eles sairam correndo chorando. Não, eu não sei. Acho que da mesma maneira que minha família é com todos os meus filmes, tipo, "ok, legal! Espero que dê tudo certo." Não, foi tudo bem, eu acho que minha mãe ficou mais feliz porque ela gosta das coisas de Stephen King, ela estava tendo um treco, o Trevor estava tendo um treco, o resto da família estava, tipo, "eu não vou te visitar no set".

Qual foi a experiência, você fez vários filmes, e você pensa em como foi fazer esse filme, ou como foi fazer "Kick-Ass 2", ou qualquer outro, quando você pensa nisso, qual é a principal coisa que você se lembra? Quando o pessoal pergunta: "Como foi fazer Carrie?"

Eu me lembrava de como o sangue era grudento e de como eu estava cansada de ter todo aquele sangue em mim no final de tudo. Acho que esse é o principal que eu me lembro, pela sensação, mas de outra forma, eu acho sinceramente, como atriz, foi que eu aprendi tanto, aprendi tanto sobre o que fazer como atriz, e foi como quatro meses de terapia, sabe?

Eu pensei que você ia dizer que fez os quatro meses de terapia depois, né?

Fiz quatro meses depois.

Exatamente.

Kim Peirce, me jogando na terapia.

Eu definitivamente quero falar sobre quando entramos no sempre preciso IMDb, você está fazendo uns 13 filmes? Estou brincando.

Isso provavelmente é meio que verdade

Estou curioso, você tem um monte saindo, e imagino que te oferecem muitos scripts legais. Quais são seus critérios agora, considerando o que você quer para o futuro?

Sinceramente vai ficando cada vez mais difícil, porque em cada filme que faço, eu sempre tento algo novo como atriz, então cada próximo filme que eu quero fazer preciso achar algo que ainda me anime e é tipo, "o que eu ainda não fiz, onde posso ir que não seja como eu?" entende o que eu falo? Sabe, porque eu fiz todo esse lance da Carrie, então qual o próximo passo? Eu fiz a prostituta em "The Equalizer", então qual é o próximo passo? Entende o que eu digo? Achar algo excitante, novo e fresco que a audiência ainda não me viu fazer e que eu não me vi no papel.

Legal, já tenho que terminar, então tenho que dizer que foi muito legal te ver.

Bom te ver.

Parabéns por isso.

 


 

 

 

 

 

Carrie - A Estranha estreia 6 de dezembro nos cinemas.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.