Filmes

Vídeo

Abraham Lincoln - Caçador de Vampiros | Omelete Entrevista Seth Grahame-Smith e Timur Bekmanbetov

Roteirista e diretor falam sobre cenas que tiveram que cortar do filme

Equipe Omelete
06.09.2012, às 22H47
ATUALIZADA EM 21.09.2014, ÀS 17H17
ATUALIZADA EM 21.09.2014, ÀS 17H17

Nosso correspondente de Hollywood, Steve Weintraub, conversou com Seth Grahame-Smith e Timur Bekmanbetov, roteirista e diretor, respectivamente, de Abraham Lincoln - Caçador de Vampiros (Abraham Lincoln: Vampire Hunter). No bate-papo, eles falaram sobre como foi a estreia do filme, sobre seus filmes preferidos e alguns fatos reais da vida de Abraham Lincoln que estão no filme.

Como vocês estão hoje?

Seth Grahame-Smith: Bem.

Timur Bekmanbetov: Ótimo.

SGS: Acabamos de voltar do Oriente Médio. De volta do Golfo Pérsico. Do USSA Abraham Lincoln, onde estreamos o filme, para 2 mil marinheiros em um hangar

Eu ouvi falar sobre isso, mas não sabia que era no Oriente Médio. Como foi essa experiência, com 2 mil pessoas assistindo ao filme?

SGS: Foi incrível.

TB: É quente.

SGS: É muito quente. Era 300% de umidade, e você começava a suar. Mas foi numa tela inflável grande, cercada por F18s, e partes de motores, e com 2 mil marinheiros aplaudindo, gritando e comemorando o seu filme, enquanto navegávamos pelo Golfo Pérsico, no meio da noite. Foi incrível.

Nunca vão repetir isso.

SGS: Nunca.

TB: Nunca.

Para nenhum dos dois.

SGS: Com certeza, não.

Eu sei que perguntam muito as mesmas coisas para vocês. E eu sempre tento começar com algo divertido. Vocês têm algum filme preferido? Ou alguns filmes preferidos que vocês não conseguem viver sem?

SGS: Claro. Claro.

TB: "T2".

SGS: "O Exterminador do Futuro 2"? Sim. "O Iluminado". "O Iluminado", do Stanley Kubrick. Um dos meus preferidos. "Aliens", do James Cameron. Estes são... os que eu assisto repetidamente. Sem parar. Uma vez a cada seis meses. Eu não sei, tenho muitos filmes preferidos.

Obviamente, Abraham Lincoln faz parte de vários eventos importantes da nossa história. Passou por tanta coisa na vida dele. Houve coisas da vida dele que vocês falaram: "Isso tem que ir para o filme"? Para os dois.

TB: Eu acho que a última noite antes de ser assassinado.

SGS: Sim, a última noite. A última noite de sua vida. O machado foi obviamente muito importante, porque ele era o candidato dos trabalhadores. Ele era um lenhador. Ele realmente afiava o machado na vida real. As tragédias! As tragédias de perder a sua mãe, e enterrando dois de seus filhos. E carregar o peso da guerra quase que sozinho. Tem muita coisa. Tem muita... Tem tanta coisa.

TB: E tem... o dia em que ele procurou o seu... inimigo para vingar a morte de sua mãe.

SGS: Certo.

Obviamente, quando se está desenvolvendo um filme, você tem muito dinheiro para gastar. Quando vocês estavam juntando as peças, houve alguma sequência em que vocês pensaram em fazer, mas foi cortada por falta de dinheiro? Ou...?

TB: Houve algumas. E tem uma graphic novel que publicamos com todos os storyboards do filme. Todas as cenas estão lá. E teve uma cena do mercado de escravos que não filmamos. E uma com as partes de treinamento. Nós chamamos de "nas toras". Quando Lincoln...

SGS: Está certo.

TB: …está correndo em cima de árvores caídas..

SGS: Sim. No começo, era só ele lutando com Henry em cima desses troncos flutuando no rio Mississippi. Pulando de um para o outro, como Frogger.

Muitas pessoas me perguntaram hoje no twitter, se você irá dirigir "O Procurado 2" também. E, para você... Porque eu já falei tanto com você. Como as últimas semanas têm sido para você? E em que você está trabalhando... recentemente?

SGS: As últimas semanas têm sido... como andar em uma montanha-russa. Altos e baixos. Saindo de "Sombras da Noite", e agora experienciando o mundo de Lincoln. Mas eu estive... Nos últimos oito dias, eu estive em quatro continentes. Simplesmente viajando. E, como já dissemos, passando tempo com os militares, no Oriente Médio e na África, nessas bases. E conhecendo essas tropas incríveis, e mostrando o nosso filme. Essa foi a melhor parte de toda essa experiência. Toda a experiência de Lincoln, para mim. Eu estou trabalhando em monte de coisas agora. Uma nova animação que eu acabei de escrever para Tim. Vou adaptar "Unholy Night" para um roteiro, pela Warner Bros. E esses são os meus maiores trabalhos como roteirista agora.

TB: E "O Procurado 2"... eu espero que aconteça, porque eu já tenho a ideia de como fazê-lo.

Eu gostei como isso foi descritivo. Eu tenho que terminar com vocês. Muito obrigado aos dois.

 


 

Abraham Lincoln - Caçador de Vampiros estreia no feriado do dia 7 de setembro.

Conteúdo Patrocinado

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.