Séries e TV

Lista

Emmy 2017 | Saiba mais sobre as atrizes indicadas ao prêmio

Cerimônia acontece neste domingo (17)

Camila Sousa
14.09.2017
23h32
Atualizada em
29.06.2018
02h37
Atualizada em 29.06.2018 às 02h37

A edição 2017 do Emmy acontece neste domingo (17), com um grande destaque para as atrizes femininas, que concorrem nas categorias de séries dramáticas e cômicas. Abaixo reunimos detalhes sobre a carreira e os prêmios de cada uma das indicadas.

Viola Davis: How to Get Away with Murder: Série Dramática

Viola Davis volta a concorrer ao Emmy com o papel de Annalise Keating, a brilhante advogada de How to Get Away with Murder. Enquanto a terceira temporada continuou mostrando várias conspirações envolvendo a personagem, o quarto ano já começa com um show de atuação de Davis quando Annalise é acusada de assassinato. A atriz já foi indicada ao Emmy pelo papel em 2015 e 2016 e venceu o Oscar em 2017 por sua atuação em Um Limite Entre Nós. Seu próximo projeto nos cinemas é Widows, longa que mostrará mulheres que assumem a vida de crimes dos maridos depois que eles morrem.

Claire Foy: The Crown: Série Dramática

The Crown fez sua estreia na Netflix como uma aposta ousada ao falar sobre a família real britânica, mas não há como negar que Claire Foy foi um dos grandes destaques do seriado ao interpretar a Rainha Elizabeth II, em uma performance forte e comedida ao mesmo tempo. A atriz venceu o Globo de Ouro, e BAFTA e o Screen Actors Guild Awards pelo papel e é uma grande aposta para a categoria do Emmy. Nos cinemas, Foy também pode se destacar no Oscar com Uma Razão Para Viver, filme com Andrew Garfield sobre um homem que muda de vida ao ficar paralisado pela poliomielite.

A cerimônica do Emmy tem a apresentação de Stephen Colbert (The Late Show with Stephen Colbert). No Brasil, o Emmy será televisionado ao vivo pelo canal pago TNT.

Elisabeth Moss: The Handmaid's Tale: Série Dramática

Conhecida pelo papel de Peggy em Mad Men, Moss voltou a se destacar na TV como Offred, a protagonista de The Handmaid’s Tale (também conhecido como O Conto da Aia). Considerada uma das atrações mais pesadas - e necessárias - da atualidade, a série mostra uma realidade em que mulheres que podem ter filhos são tratadas como servas sexuais para fins de reprodução. Moss venceu o Gold Derby Awards pelo papel e também é uma das produtoras do seriado. Entre seus futuros projetos está Old Man and the Gun, filme sobre a história real de um aposentado que resolve voltar e fazer um último assalto.

Lily Tomlin: Grace & Frankie: Série Cômica

Se a já citada Jane Fonda é a elegância em pessoa, Lily Tomlin representa a leveza em Grace and Frankie, funcionando como o oposto de sua melhor amiga Grace e mostrando uma outra forma de encarar os problemas da vida adulta. Essa é a terceira indicação de Tomlin pela série a atriz tem um vasto histórico de premiações com uma indicação ao Oscar em 1975 por Nashville e seis disputas no Globo de Ouro. Atualmente, a atriz tem dois longas finalizados: The Madness Within e The Road Home, ambos escritos e dirigidos por Hunter G. Williams.

Keri Russell: The Americans: Série Dramática

The Americans vai para sua sexta e última temporada e Keri Russell continua como um dos destaques no papel de Elizabeth Jennings, uma espiã da KGB que vive nos EUA e finge ter uma família ao lado do também espião Philip (papel de Matthew Rhys). No papel, Russell se destaca por balancear a vida entre ser espiã, mãe e empresária. Essa é a segunda indicação da atriz, que perdeu o prêmio em 2016 para Tatiana Maslany, de Orphan Black. A atriz apareceu recentemente no longa Um Estado de Liberdade, mas não tem nenhum outro projeto em andamento além de The Americans.

Tracee Ellis Ross: Black-ish: Série Cômica

Tracee Ellis Ross começou sua carreira no cinema com Círculo das Vaidades (1996), mas se destacou realmente na TV com séries como Girlfriends, CSI e a recente Black-Ish. No papel de Rainbow Johnson, Ross trata da importante questão racial e de como criar os filhos para uma vida melhor do que a que teve. Essa é a segunda indicação da atriz no papel, que também lhe garantiu o Globo de Ouro em 2017 como Melhor Atriz em uma Série de TV Musical ou Comédia. Atualmente não nenhum outro grande projeto além do seriado.

Evan Rachel Wood: Westworld: Série Dramática

Se o trabalho de um ator é passar emoções ao público, não expressar nada é um trabalho igualmente difícil e esse é o grande destaque de Rachel Wood em Westworld. A atriz se destacou ao interpretar a robô Dolores, que não tem ideia de sua verdadeira natureza e serve de diversão para os visitantes do parque Westworld. Antes do seriado da HBO, Wood também tinha sido indicada ao Emmy pela série Mildred Pierce. Seu próximo projeto nos cinemas é Viena and the Fantomes, filme com Jon Bernthal que segue uma banda de rock pelos EUA durante os anos 80.

Julia Louis-Dreyfus: Veep: Série Cômica

Julia Louis-Dreyfus é outra figurinha carimbada do Emmy: essa é sua sexta indicação ao prêmio pela atuação como Selina Meyer, sendo que ganhou as outras cinco. Será que temos uma favorita? Brincadeiras à parte, o carisma de Louis-Dreyfus é o grande responsável pelo sucesso de Selina, a vice-presidente que conseguiu o posto mais alto da política americana. Para quem não lembra, a atriz também é conhecida por anos de comédia em Seinfeld e atualmente não tem outros grandes projetos além de Veep.

Robin Wright: House of Cards: Série Dramática

Robin Wright foi indicada pelo papel da feroz Claire Underwood de House of Cards. Muitos fãs podem reclamar da qualidade das últimas temporadas, não há como negar que Claire conseguiu mais espaço ao lado do marido Frank (Kevin Spacey) e grande parte desse mérito é de Wright, que começou a produzir e dirigir episódios. Suas nomeações ao Emmy pela personagem começaram em 2013 e não pararam desde então. Pelo papel ela também venceu o Globo de Ouro em 2014. Nos cinemas, Robin Wright se destacou como a General Antíope de Mulher-Maravilha e estará em Blade Runner 2049 no papel da Tenente Joshi.

Ellie Kemper: Unbreakable Kimmy Schmidt: Série Cômica

Gostando ou não de Unbreakable Kimmy Schmidt, não há como negar a performance marcante de Ellie Kemper no papel principal, e sua evolução ao longo das três temporadas, que acompanhou o desenvolvimento da personagem-título. A indicação ao Emmy, repetindo a dose de 2016, é apenas mais um indicativo disso. Kemper fez várias pontas e dublagens antes de protagonizar a série da Netflix, mas também é muito lembrada como a Erin Hannon de The Office.

Pamela Adlon: Better Things: Série Cômica

Better Things não é aquela série super comentada do momento, mas tem uma tema que chama a atenção: uma atriz que luta para criar as três filhas, balanceando os conflitos entre ser mãe e trabalhar em Hollywood. Coube a Pamela Adlon, que tem um grande histórico na TV, fazer o papel principal de Sam Fox. Vale citar que a nomeação da atriz foi a única da série ao Emmy. Adlon está filmando atualmente o derivado de Transformers focado no Bumblebee.

Allison Janney: Mom: Série Cômica

Allison Janney é outra atriz veterana de premiações, que retorna ao Emmy pelo papel de Bonnie em Mom, que já lhe rendeu uma estatueta do prêmio em 2015. Em uma série que trata de maternidade, Bonnie é uma personagem importante, que faz um bom paralelo com Christy (Anna Faris), sua filha e protagonista do seriado. Janney também concorreu ao Emmy por Masters of Sex e The West Wing. Seu longa mais recente é Sun Dogs, que também tem Melissa Benoist, a Supergirl, no elenco.

Jane Fonda: Grace & Frankie: Série Cômica

Envelhecer pode ser assustador para alguns, mas Jane Fonda mostra todas as delícias e inseguranças dessa fase da vida em Grace and Frankie, série da Netflix que caminha para sua quarta temporada. É impossível resumir a carreira de sucesso de Fonda em uma lista como essa, mas vale citar que ela venceu dois Oscars de Melhor Atriz: em 1971 por Klute, o Passado Condena e 1978 por Amargo Regresso. No Emmy, é sua primeira nomeação por Grace and Frankie, mas ela já foi indicada outras duas vezes por sua participação em The Newsroom.