Christopher Eccleston diz ter entrado na lista negra da BBC após deixar Doctor Who

Créditos da imagem: BBC/Divulgação

Séries e TV

Notícia

Christopher Eccleston diz ter entrado na lista negra da BBC após deixar Doctor Who

Ator marcou o revival da série inglesa

Julia Sabbaga
13.03.2018
08h29
Atualizada em
29.06.2018
02h36
Atualizada em 29.06.2018 às 02h36

Christopher Eccleston, ator que interpretou o protagonista de Doctor Who no revival da série, em 2005, e permaneceu por apenas uma temporada, disse ter entrado na lista negra da BBC após ter deixado o programa. A declaração veio em entrevista ao The Guardian, onde o ator falou também sobre seu papel em Thor: O Mundo Sombrio:

"O que aconteceu com Doctor Who quase destruiu minha carreira. Eu dei a eles uma série de sucesso e deixei com dignidade, e eles me colocaram em uma lista negra. Eu estava carregando minhas próprias inseguranças, pois era algo que eu nunca tinha feito antes, e eu fui abandonado, feito como vilão na imprensa e colocado na lista negra. Meu agente da época me disse: 'o regime da BBC está contra você. Você precisa sair do país e esperar a troca de regime'. Então foi isso que fiz". 

O ator diz que o bloqueio da produtora inglesa foi o motivo por ter feito blockbusters como G.I Joe e Thor: O Mundo Sombrio:

"Trabalhar em G.I Joe foi horrível. Eu só queria cortar minha própria garganta todos os dias. E Thor? Queria uma arma na minha cabeça. Eu realmente paguei por ter me vendido nesta época". 

A nova temporada de Doctor Who, a primeira de Jodie Whittaker como a protagonista, estreia em outubro de 2018, sem data definida até o momento. No Brasil, o seriado perdeu sua emissora recentemente e ainda não teve outra revelada até o momento.