Filmes

Notícia

Coringa | Novo rumor sugere que Thomas Wayne aparecerá no filme

Personagem é o pai do Batman nas HQs

Mariana Canhisares
12.07.2018
11h03

Novo rumor sobre o derivado do Coringa sugere que o pai do Batman, Thomas Wayne, será retratado no longa. Questionado sobre o possível papel de Robert De Niro no longa, caso os rumores do seu envolvimento sejam verdadeiros, o jornalista do Collider  Jeff Sneider falou sobre a possível conexão deste filme com o Batman.

"Quanto ao papel de De Niro, não acho que ele vá interpretar um personagem cânone. Não acredito que seja um apresentador de TV que está dando notícias sobre o Coringa. Não tenho certa. O que eu sei é que um personagem que tem um papel grande nesse filme é Thomas Wayne."

No cinema, o personagem foi interpretado recentemente por Jeffrey Dean Morgan em Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

Vale notar que esta informação, assim como a participação de De Niro no longa não foram confirmadas oficialmente. Logo, continue tratando-as como boatos.

A intenção é que o filme derivado do vilão seja mais "pé no chão", situado no início dos anos 80 e parecido com longas como Táxi Driver e Touro Indomável, ambos de Martin ScorseseTodd Phillips, conhecido por Se Beber, Não Case, vai escrever o roteiro ao lado de Scott Silver e dirigir a produção. "O filme gira em torno do icônico vilão e é uma história original e independente nunca antes vista nos cinemas", diz o comunicado oficial da Warner.

As filmagens devem começar em setembro. Até o momento, Joaquin Phoenix é o único nome do elenco que foi confirmado.

Por enquanto, o estúdio não definiu a data de estreia do longa, mas se especula que o lançamento deva acontecer em 2019. A produção tem orçamento estimado em US$ 55 milhões, valor significativamente menor que o que se costuma ver em filmes de herói.

Scorsese foi inicialmenete apontado como produtor do longa, mas o nome dele não foi mais citado nas últimas notícias relacionadas ao filme. A produtora Emma Tillinger Koskoff é que deve ser a representante do cineasta no projeto. Em 2003, ela entrou na produtora Sikelia Productions como assistente de produção de Scorsese e hoje é presidente de produção da empresa, assinando a produção dos últimos longas do diretor. 

Não há detalhes sobre como o filme se encaixa no calendário atual da DC. O longa pode lançar um novo selo de filmes da DC, que pode se chamar DC Dark ou DC Black - saiba mais.