Capa de American Vampire 1976/DC Comics

Créditos da imagem: DC Comics/Divulgação

HQ/Livros

Notícia

Scott Snyder diz que fãs ficarão satisfeitos com novo arco de American Vampire

Roteirista revelou alguns pontos da nova trama em entrevista

Nicolaos Garófalo
16.07.2020
20h34

Roteirista de American Vampire 1976, Scott Snyder está ansioso para o lançamento do novo arco do título que criou ao lado do brasileiro Rafael Albuquerque. A história, que se passará em 1976, mostrará o protagonista Skinner Sweet trabalhando como um dublê antes de se reunir com Pearl para impedir que vilões se infiltrem no governo dos Estados Unidos. Em entrevista ao CBR, Snyder afirmou que a nova trama é seu arco favorito do título.

Eu falei quando propus a nova série DC, editora que publica American Vampire] que este seria nosso maior arco até agora e seria aquele que basicamente traria a história para o presente”, afirmou o roteirista. “Os anos 1970 refletem a nossa era de várias maneiras como desilusão, ansiedade e falta de direção... Mas também com esperança de que conseguiremos reencontrar o caminho certo”.

Snyder ainda revelou um carinho especial por American Vampire, seu primeiro título autoral, e disse já ter mostrado as novas páginas para sua esposa e para James Tynion IV, colega de DC e atual roteirista de Batman. “Quero muito que todos saibam o quanto eu agradeço pelo apoio à série”, afirmou o roteirista. “É nosso melhor trabalho, com a equipe original e estou muito orgulhoso”.

A primeira edição também teve algumas páginas – assim como a capa assinada por Albuquerque – reveladas nesta quinta-feira (16) – veja abaixo:

A primeira história de American Vampire foi lançada em 2010. Além das histórias assinadas por Snyder, as primeiras cinco edições também contavam com tramas paralelas escritas por Stephen King. 1976, novo livro da série, terá nove edições e será publicado a partir de outubro.

Ilustrador do título, Albuquerque participou de uma live do Omelete nesta quinta-feira (16), ao lado de outros artistas brasileiros premiados com o Eisner Awards – veja como foi.