Séries e TV

Artigo

Painel de The Walking Dead | Comic-Con 2012

Trailer da terceira temporada e data da estreia foram as grandes novidades

Adam Chitwood
13.07.2012
22h12
Atualizada em
29.06.2018
02h35
Atualizada em 29.06.2018 às 02h35

Sexta-feira virou o grande dia das séries de TV na Comic-Con 2012. Os programas invadiram o grandioso Hall H em painéis completamente lotados. Um deles foi dedicado à série The Walking Dead, que teve moderação do apresentador do podcast Nerdist, Chris Hardwick, presença do elenco da série, do produtor-executivo/criador/roteirista Robert Kirkman e o atual produtor-executivo/chefão da série, Glen Mazzara.

Comic-Con

None

Walking Dead

None

O painel começou com Hardwick entrando no palco, seguido por Kirkman, o produtor-executivo David Alpert, o supervisor de efeitos especiais/coprodutor-executivo Greg Nicotero, produtora-executivo Gale Anne Hurd e Mazzara.

  • Kirkman foi o primeiro a falar e saiu contando um pouco do que veremos na terceira temporada. "Nós temos uma coisa chamada prisão, onde boa parte da terceira temporada será ambientada";

  • Alpert disse que o ritmo do programa aumentou no fim da temporada passada, atingindo um pico no seu final, calando um argumento dos críticos da série;

  • Nicotero, o guru dos efeitos especiais e maquiagem, disse que eles estão sempre trocando as lentes de contato e dentaduras dos zumbis, mostrando que os zumbis estão se decompondo, "e são muitos!". Nicotero também estava todo feliz, pois acabara de dirigir seu primeiro episódio da série, há duas semanas, e disse que tem elementos icônicos da HQ no capítulo dirigido por ele;

  • Hurd acrescentou que esta temporada tem sido fantástica porque eles não apenas têm a prisão, mas também Woodbury, Michonne (Danai Gurira) e o Governador (David Morrissey). A produtora acrescentou também que Michonne vai estar no centro de muita ação com seus katanás, algo que ela descreveu como "incrível";

  • Mazzara deu sequência ao papo dizendo que eles querem se manter o mais próximo possível da graphic novel, crus, e conversando com os fãs. Foi ele também que anunciou a data de estreia da terceira temporada nos Estados Unidos: 14 de outubro, chegando aos outros países a partir do dia 15. [Nota do Editor: No Brasil a série começa a ser exibida em 16/10].

Após esta introdução, foi exibido o trailer da terceira temporada, que começa com Michonne mostrando que não está para brincadeira. Tem ainda cantoria ao redor da fogueira, os sobreviventes entrando na prisão, o Governador dando as boas vindas a Woodbury e, claro, muitos zumbis. Veja:

Após a exibição do vídeo, subiram ao palco os atores Andrew Lincoln, Sarah Wayne Callies, Norman Reedus, Laurie Holden, Stephen Yeun, Lauren Cohan, Danai Gurira e David Morrissey.

  • Reedus falou sobre seu personagem, que finalmente estava escapando da sombra de seu irmão e vendo que pode ser útil à sociedade;

  • Holden também falou sobre sua personagem, Andrea, que depois de ser salva por Michonne no fim da segunda temporada, está agora longe de seu grupo e ao lado dessa fêmea alfa em um ambiente muito diferente;

  • Yeun disse que agora, na terceira temporada, seu personagem finalmente está ficando mais maduro e fazendo o que tem de ser feito;

  • Cohan disse que a vida na fazenda era um passeio no parque perto do que eles vão enfrentar agora;

  • Depois de reclamar muito do calor enfrentado nas gravações externas, os atores falaram em uníssono que estão sofrendo muito mais agora com o ar-condicionado da prisão;

  • Quando questionada sobre as mudanças em sua vida desde que foi chamada para fazer Michonne, Gurira disse que aprendeu a manejar um kataná e está amando a sua personagem;

  • Morrissey começou muito bem sua interação com os fãs, dizendo que o programa já tem um lugar na história da cultura pop. O ator que vai interpretar o Governador disse que entrou na série também como um fã, uma vez que acompanhava da Inglaterra o trabalho de seu amigo Lincoln, e acrescentou que sempre quis estar na Comic-Con e por isso estar ali era a realização de um sonho para ele.

Em seguida o microfone foi para a plateia e a coisa fugiu um pouco do controle:

  • A primeira pergunta foi direcionada a Lincoln e era sobre qual personagem ele gostaria de interpretar se não fosse o Rick. Depois de fazer piadas, ele disse que o personagem mais interessante no momento pertence ao Chandler Riggs, que está levando o jovem Carl a várias mudanças;

  • Os atores ingleses falaram também que todos os domingos eles ligam o Skype para treinar o sotaque estadunidense;

  • Um fã perguntou como eles conseguiram se safar e mostrar a cena em que Andrea coloca a mão no meio das calças de Shane. Holden disse que "aquilo era só uma mão! Você deveria ser o que nós fizemos de verdade";

  • Quando uma menina disse ao microfone que era apaixonada por Yeun, o ator rapidamente ficou vermelho, tentando disfarçar sua vergonha enquanto tomava água. Quando ela disse que tinha 12 anos, o ator se levantou e fingiu que estava indo embora;

  • Perguntaram a Kirkman se o trabalho na série havia afetado a forma como escreve a HQ. Ele respondeu que mapeia tudo com antecedência e que não está mudando nada na HQ pensando que aquilo depois pode entrar na série de TV;

  • Quando outra menina se declarou a Yeun, o moderador disse que agora todos sabiam o público que ele atingia e porque ele não podia entrar na Legoland.  Yeun respondeu se desculpando pela vermelhidão de sua cara, quando Hardwick deu seu ippon: "vou te jogar no painel de Crepúsculo", levando o público às gargalhadas;

  • Os roteiristas encerraram respondendo a uma pergunta sobre a forma negativa com que eles mostram as mulheres, especialmente Lori. Callies respondeu que "Lori disse a Rick que ele não deveria matar Shane, mas tinha de ficar esperto. E ele fez isso, e Shane virou a casaca. Lori estava certa".

The Walking Dead volta a ser exibido em 14 de outubro nos Estados Unidos e dois dias depois, 16 de outubro, no Brasil.

Veja também o que elenco e criadores falaram sobre a terceira temporada na coletiva de imprensa

Leia mais sobre The Walking Dead