HQ/Livros

Artigo

Comic-Con 2013 | Como é estar em um painel com Stan Lee

As piadas se repetem, mas o velhinho sabe entreter

Érico Assis
21.07.2013
05h15
Atualizada em
29.06.2018
02h35
Atualizada em 29.06.2018 às 02h35

"Meu, que louco eu aqui fazendo contato visual com o Stan Lee", disse o fã que abriu a sessão de perguntas do painel Stan Lee's World of Heroes, na Comic -Con 2013. É um jeito de expressar a primeira vez que se vê o senhor de 90 anos, corresponsável pela maioria dos personagens com longevidade da Marvel Comics.

stan lee

None
Stan Lee

Lee não foi falar sobre a Marvel. Seu nome e rosto hoje são marca, que ele aluga para diversos projetos em quadrinhos, animação e cinema que tenham alguma relação com super-heróis. No caso, o painel era de uma das locatárias de Lee, o canal do YouTube World of Heroes.

Diferente de outras iniciativas que levam o nome do velhinho, Stan Lee é bem ativo no canal. Grava vídeos do seu escritório, faz entrevistas com celebridades, participa de produções tipo um vídeo de parkour (ótimo) e aparece em versão animada. Entre as melhores atrações estão os vídeos em que se propõe finais alternativos para blockbusters recentes, supostamente propostos por Lee - chama-se How it Should Have Ended.

O painel começou com os outros animadores, roteiristas e criadores que fazem parte do canal, desconhecidos do grande público. Lee chegou atrasado - "ele tem que manter a aura de rockstar", justificou o diretor do canal, Ben Gigli.

Apesar de os fãs fazerem perguntas em microfone para todo o salão, Gigli era o responsável por repassar as perguntas no ouvido de Lee. O nonagenário respondeu questões sobre Jack Kirby - "de mim os fãs gostavam, mas ele adoravam. Isso sempre me incomodou", disse com ironia - e sobre os próximos filmes que a Marvel devia fazer - "eu também queria que fizessem todos, mas só dá para fazer alguns por vez. Mas enquanto não saem, poupem dinheiro, não gastem em outros filmes não-Marvel". Lee comentou também suas participações especiais nos filmes: "Não vejo como participação especial, vejo como personagem coadjuvante. Espero que chegue a protagonista. Acho todas minhas participações obras-primas".

Lee revelou inclusive que, em Capitão América 2, interpreta um segurança e que "acontece uma coisa que eu não devia deixar acontecer".

Quem leu entrevistas de Lee ou viu o quadrinista já conhece as piadas. Pergunta de fã: "Que personagem você gostaria de interpretar?". Resposta: "Tinha que ser o Tony Stark. Porque ele é muito parecido comigo. Rico, inteligente, irresistível, mulheres. Tony Stark e Stan Lee, mesma coisa". Outra pergunta: "Eu e meus amigos estamos sempre discutindo quem ia ganhar entre Wolverine e Hulk. Quem, Stan?". Resposta: "Muito simples. Por favor, se quiserem, tomem nota: quem o roteirista quiser que ganhe".

Ainda falando dos filmes, Stan cometeu um gafe: "E quando não estiverem no cinema, acessem o canal do YouTube Planet of Heroes! É esse o nome, né?". Diretor do canal: "É World of Heroes". Stan: "World of Heroes! Excelsior!".