Filmes

Artigo

Tartarugas Ninja 2 terá a volta do Destruidor - e mais novidades do painel Paramount na CCXP

Brad Fuller e Andrew Form apresentam os novos projetos da Platinum Dunes

Marcelo Hessel
04.12.2014
22h34
Atualizada em
29.06.2018
02h35
Atualizada em 29.06.2018 às 02h35

No painel da Paramount na CCXP - Comic Con Experience, que foi finalizado em grande estilo com a estreia do trailer de O Exterminador do Futuro: Gênesis com uma introdução gravada para o Brasil de Arnold Schwarzenegger, as principais atrações foram os novos longas da produtora Platinum Dunes.

Os produtores Brad Fuller e Andrew Form não só confirmaram que Rocksteady e Bebop, dois dos vilões mais tradicionais das Tartarugas Ninja, estarão na continuação do filme de 2014, como também Megan Fox, Will Arnett e o Destruidor retornarão em 2016 em Tartarugas Ninja 2. As filmagens começam em abril, em Nova York.

Já o novo Sexta-Feira 13, que estreia em 2015 e não será um reboot nem uma continuação do longa de 2009, se passará nos anos 1980 - segundo os produtores, para desenvolver todas as coisas clássicas que marcam o universo de Jason. "Queríamos resgatar todo o clima daquela década", diz Form. Para os dois, porém, há coisas que nunca mudarão na franquia. "Sexo, drogas, sempre gente linda morrendo, essas coisas não mudam. E podemos desenvolver mais a relação problemática [de Jason] com a mãe."

Questionados pelo público sobre a classificação etária do filme, eles garantiram que será "R" (17 anos nos EUA) e foram categóricos: "Não existe nenhuma versão de Jason Vorhees em um mundo censura 13 anos".

Os produtores finalizaram sua apresentação da Platinum Dunes com 15 minutos de cenas de Projeto Almanaque - seu filme de viagem no tempo misturado com estética de filmagens encontradas. O vídeo começa apresentando os três protagonistas, o gênio adolescente David Raskin (Jonny Weston) e seus dois amigos de "minoria", o nerd e o asiático. David quer cursar faculdade no prestigioso MIT, e para isso produz vídeos mostrando suas invenções, como um drone controlado por gestos no ar. A associação com Poder sem Limites é quase imediata nessa cena, pela própria imagem do adolescente com habilidades aparentemente telecinéticas.

Outro filme de "filmagens encontradas", Projeto X, é a referência mais adiante, quando David - abatido por ter sua bolsa negada pela faculdade - se contenta em farrear com os amigos em uma balada que parece a ponto de fugir do controle. A diferença aqui é o elemento de viagem no tempo; a festa parece ocorrer numa outra época e um trecho é particularmente curioso, quando o nerd faz uma pegadinha com sua contraparte temporal e cria uma desarranjo no continuum espaço-tempo.

O vídeo termina com vários relances das partes mais agitadas, com efeitos visuais que lembram mais um filme de ação do que um longa de baixo orçamento. O efeito do tempo se dilatando e contraindo, como um túnel de vento que agarra as pessoas, parece particularmente interessante. Vamos ver no que dá essa mistura. Projeto Almanaque estreia em 26 de fevereiro no Brasil.

A CCXP recebe nesta sexta a 20th Century Fox, Marco Polo, Timothy Zahn e mais. Confira a programação oficial da Comic Con Experience.

Para saber mais novidades, siga os perfis da CCXP - Comic Con Experience no Twitter e no Facebook e visite o site oficial da CCXP. O evento será realizado dos dias 4 a 7 de dezembro, no Espaço Imigrantes.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.