Perifacon na CCXP22

Créditos da imagem: Tassio Yuri - Irmãos Delgado/Reprodução

CCXP

Notícia

PerifaCon + CCXP22: Os cosplayers pretos no meio nerd

Palco sobre diversidade no mundo cosplay chama a atenção na CCXP22

Omelete
3 min de leitura
05.12.2022, às 12H36.
Atualizada em 18.01.2023, ÀS 11H46

Em todos os nichos da cultura pop e nerd a falta de diversidade é um problema alarmante. Seja nos games, nos quadrinhos ou no cinema. Um dos segmentos onde a falta de diversidade é mais perceptível é o meio otaku, e isso acaba escorrendo para outros campos que conversam com os adoradores de cultura asiática: como o meio cosplay.

Cosplay é o ato de se vestir como um personagem que você admira. A prática não é exclusiva para mangás e animes mas acaba sendo associada a esse nicho pelo volume de cosplayers que circulam pelos eventos de anime. Nesses eventos, centenas de pessoas vestidas de seus personagens favoritos circulam pelos eventos, tirando fotos com fãs e participando de desfiles e concursos.

Mas quantos dessas pessoas são negras? Muitas, na verdade. Por vezes, forma-se uma ideia de que não existem pessoas negras que fazem cosplay mas essa é uma ideia que se constrói a partir não da real inexistência desses cosplayers, e sim na invisibilidade e falta de espaço que essas pessoas tem para se mostrarem.

Quantos cosplayers negros já não foram desencorajados a fazerem o que amam só por supostamente "não se parecerem com o personagem"? Quantas vezes você já viu cosplayers negros como finalistas ou campeões em concursos de cosplay? Quantas vezes você não viu alguém dizendo que pessoas negras não combinam com cosplay? Todas essas são ideias racistas que surgiram sem base e mesmo assim conseguiram se firmar na comunidade. Por sorte, hoje há pessoas que se pronunciam e usam seu espaço para falar da importância da diversidade no meio cosplay. Uma delas é Well Renato.

Cosplayers de Kenan e Kel em Good Burger
Reprodução

Well tem 29 anos e faz cosplay desde 2006. Conhecido por se vestir como Kenan (de Kenan e Kel) e Super-Choque, Well usa seu espaço nas redes sociais para lutar contra o racismo e a falta de diversidade no mundo cosplay. Well esteve presente na CCXP22 e inclusive participou de um encontrão de cosplayers pretos no estande da PerifaCon, e aproveitou para falar com o Portal PerifaCon sobre sua participação.

"Representatividade e diversidade é importante e tem uma função social. Um evento com essa visibilidade mundial influencia a forma de como vemos as pessoas. Por isso é essencial que um evento como esse reconheça todas as vozes, pessoas e cosplayers presente no evento. Estou muito feliz em dar o meu recado a um público enorme, isso vai ser incrível e eu só tenho a agradecer por essa oportunidade real", disse.

Well esteve no Palco Bentô hoje ao lado de Patti Maionese e Victoria Hope falando sobre diversidade no cosplay. "Bater um bate papo limpo, saudável e honesto de forma verdadeira mostra o quanto é preciso ter pessoas que possam se ver, se ouvir e se inspirar e saber que podemos ocupar qualquer lugar sendo nós mesmos"

*Texto: Raphael Guimarães - Portal Perifacon

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Omelete no Youtube

Confira os destaques desta última semana

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a nossa Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados e cookies para as finalidades ali constantes.