Supernatural | “Vou sentir muita falta de Bobby”, diz Jim Beaver na CCXP Worlds

Créditos da imagem: Divulgação

CCXP

Artigo

Supernatural | “Vou sentir muita falta de Bobby”, diz Jim Beaver na CCXP Worlds

Ator fala sobre fim da série e relembra momento em que percebeu o fenômeno do seu personagem

Julia Sabbaga
04.12.2020
17h21
Atualizada em
04.12.2020
17h52
Atualizada em 04.12.2020 às 17h52

Pouco menos de um mês após o fim de Supernatural, um de seus personagens mais icônicos, Bobby Singer, apareceu no palco da CCXP Worlds para relembrar uma jornada de 15 anos dos irmãos Winchester. Apesar do personagem vivido por Jim Beaver ter morrido na 7ª temporada da série criada por Eric Kripke, ele nunca realmente deixou a produção, retornando pelo menos uma vez por temporada durante os 15 anos. Por isso, o fim da série foi um dos grandes temas do painel com Beaver, que disse ter sido difícil se despedir de Bobby.

Para o ator, não foi fácil entender o significado do personagem para os fãs, e ele começou relembrando o início da série, quando ainda achava que Bobby teria uma participação pontual: “Eu achei que, como a maioria dos papéis na TV, seria um episódio que eu terminaria e isso seria o fim. Mas felizmente para mim acabou sendo muito diferente, e acabou se tornando uma grande porção da minha vida, e fico muito grato”. Beaver ainda explicou como seu personagem acabou ganhando importância, e atribuiu isso aos fãs e equipe:

“Eu sabia que os produtores tinham gostado do personagem porque eles continuavam trazendo ele de volta várias vezes na temporada 2, eu sempre acabava voltando, cada vez mais. Mas acho que foi na primeira vez que eu fui em uma convenção de fãs que eu percebi que algo especial estava acontecendo, porque eu não cheguei na convenção achando que alguém ia me reconhecer. E eu fiquei chocado ao perceber que eles achavam que eu era Elvis Presley, porque todo mundo ficou louco! E eu fiquei surpreso. Foi agradável”.

Durante toda a conversa sobre Supernatural, Beaver retornava a agradecer aos fãs, inclusive quando questionado sobre as dificuldades de lidar com o fandom, que pode ser intenso demais: “Eu conheci pessoas realmente incríveis que eu não teria conhecido se eu não tivesse nesta série e eles não fossem fãs. É muita gratidão”, explicou o ator.

Mas Supernatural chegou ao fim, e Beaver descreveu sua despedida ao papel como algo cortante, explicando que tanto o personagem quanto a equipe farão falta: “Vou sentir muita falta de Bobby, é um personagem muito divertido de interpretar. E mais do que o personagem, são as pessoas com quem eu pude trabalhar”. Mesmo assim, ele não descarta um retorno ao papel: “tudo deve passar e acho que até Supernatural. Mas até aí, é Supernatural. Podemos voltar no ano que vem”.

Em breve, Beaver retornará às telinhas com outra série de Eric Kripke, na terceira temporada de The Boys.

A CCXP Worlds: A Journey of Hope, primeira edição 100% digital do maior evento de cultura pop do mundo, acontece entre os dias 4 e 6 de dezembro de 2020. Os ingressos gratuitos e os pacotes especiais, que dão direito a atrações e brindes exclusivos, estão disponíveis no site www.ccxp.com.br.

Nesta sexta (4), a Paramount apresenta seus próximos lançamentos, incluindo a nova versão de O Poderoso Chefão 3, o elenco de The Walking Dead: World Beyond conta como a série expande o universo de TWD, e a Globo traz um elenco estrelado, incluindo Taís Araújo e Lázaro Ramos. No lado dos quadrinhos, é o dia do homenageado Neil Gaiman, além de nomes como Jeff Smith e Matt Fraction.

Quem perdeu alguma coisa ou quer rever os melhores momentos pode acessar os vídeos on demand, que serão disponibilizados na plataforma em até 24 horas depois da exibição ao vivo e ficam no ar até o dia 13 de dezembro.

Acompanhe a cobertura completa no site, Twitter e Facebook do Omelete.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.