Música

Lista

Beyoncé e Jay-Z | As letras mais afiadas do álbum do casal, Everything Is Love

Casal lançou álbum em conjunto no último sábado, 16

Julia Sabbaga
18.06.2018
13h45
Atualizada em
29.06.2018
02h33
Atualizada em 29.06.2018 às 02h33

O casal mais famoso da música, Beyoncé e Jay-Z, surpreenderam o mundo no último sábado, dia 16, com o lançamento do álbum em conjunto, Everything Is Love. O álbum já foi entendido por alguns críticos como o capítulo final de uma trilogia - formada por 4:44, de Jay-Z, e Lemonade, de Beyoncé - e traz diversas letras que complementam a jornada do casal, que serão reviradas por diversos curiosos. Confira abaixo uma seleção de 10 dos melhores trechos das letras de Everything Is Love:

"Love is going to express itself as a form of forgiveness and compassion for each other"

A primeira faixa de Everything Is Love termina com uma declaração do que está por vir. O álbum trata quase que o tempo inteiro sobre o amor e a superação dos problemas do casal, e é uma afirmação da cumplicidade entre os dois. Fechando "SUMMER" com a frase "O amor se expressará como uma forma de perdão e compaixão", Beyoncé e Jay-Z retomam os temas de seus últimos álbuns solo, que falam sobre as traições do rapper, e preparam o solo para oito faixas que focarão, como o próprio título diz, no amor. 

"Get your hands up high like a false arrest, let me see em up high, this is not a test"

"BLACK EFFECT" traz o casal exaltando sua raça e criando um hino que cita Malcolm X e remete ao caso do estudante Trayvon Martin, morto por um segurança em 2012. O refrão é uma crítica ao sistema e à violência policial contra os negros nos EUA, onde os dois cantam: "Coloque suas mãos para cima como uma prisão falsa, isto não é um teste". 

 

"Tell the Grammys fuck that 0 for 8 shit"

"APESH*T", que já ganhou um clipe gravado no Louvre, traz Jay-Z tratando de rancores de forma blasé, principalmente em dois momentos: "Tell the Grammys fuck that 0 for 8 shit", onde pede para avisar que não se importa em ter sido indicado por oito Grammys este ano e ter saído de mãos vazias, ou quando ele faz referência à NFL e diz ter recusado tocar no Super Bowl, afirmando: "vocês que precisam de mim, eu não preciso de vocês" e ainda "avisem para NFL que enchemos estádios também". 

"We came, and we conquered, now we're happy in love"

O disco fecha com uma frase perfeita, que simplesmente resume o que o casal representa, o que superaram, e o que conquistaram juntos: "Nós viemos, nós conquistamos e agora estamos felizmente apaixonados". A última frase realmente parece fechar um capítulo na história dos dois, e conclui o caminho tomado em Everything Is Love da melhor forma possível: no amor. 

"My great-great-grandchildren already rich/ That's a lot of brown children on your Forbes list"

Em "BOSS", Beyoncé domina os vocais listando motivos pelos quais ela é considerada a rainha, e o casal passa a letra ostentando suas maiores riquezas. No melhor trecho da letra, Beyoncé diz: "Meus tataranetos já são ricos. Já são muitas crianças negras na lista da Forbes", enfatizando que já fez dinheiro o suficiente para que descendentes de seus descendentes estejam entre os mais ricos, e celebrando o fato de que isso trará mais negros na lista. Poderosa. 

"You fucked up the first stone, we had to get remarried"

Na última faixa do disco, "LOVEHAPPY", Beyoncé fala claramente sobre a traição de Jay-Z, o recriminando, mas ao mesmo tempo já se mostrando resolvida com o assunto e citando um novo começo: "Você estragou a primeira vez, tivemos que nos casar de novo". Os boatos de que o casal havia renovado os votos de casamento começaram depois de um vídeo ter sugerido isso, mostrado no telão da turnê em conjunto dos dois, On the Run II.

"Black queen, you rescued us"

"713", faixa intitulada com o código da cidade natal de Beyoncé, Houston, traz uma das mais bonitas declarações de Jay-Z à esposa, em referência à importância da cantora para o público negro: "A América nos prende, nos atira, atira para baixo a nossa auto-estima, nós não merecemos amor verdadeiro. Rainha negra, você nos resgatou".

"After all these years of drug trafficking, huh/ Time to remind me I'm Black again, huh?"

Em "NICE", Jay-Z se refere aos recentes problemas que teve na justiça por conta da sua marca de roupas Rocawear, no caso em que se recusou a testemunhar algumas vezes em tribunal. Ele diz estar bem longe das investigações e chama atenção às hipocrisias do governo e do sistema americano, ao dizer: "depois de todos os meus anos traficando drogas, é hora de vocês me lembrarem que eu sou negro novamente, não é?"

"If I gave two fucks about streaming numbers/ Would have put Lemonade up on Spotify"

Beyoncé manda uma de suas melhores na mesma faixa, "NICE", quando ela se mostra absolutamente acima dos números: "se eu me importasse minimamente com os streamings, eu teria colocado Lemonade no Spotify", ela diz, remetendo ao fato de que seu premiado e aclamado álbum Lemonade nunca foi disponibilizado na plataforma.