"Halo", "Crazy In Love" e mais: os clipes mais populares da Beyoncé no Brasil

Créditos da imagem: Beyoncé/Netflix/Divulgação

Música

Lista

"Halo", "Crazy In Love" e mais: os clipes mais populares da Beyoncé no Brasil

Cantora comemora 38 anos hoje, dia 4

Julia Sabbaga
04.09.2019
10h21

Beyoncé celebra hoje, dia 4, o seu 38º aniversário, e como uma das artistas mais bem-sucedidas da história, a data não poderia passar batida. Não apenas porque há 38 anos nascia uma das mulheres que mudaria o rumo da música popular, mas porque durante os últimos 20 anos, Beyoncé colecionou uma impressionante lista de marcos em sua carreira, como uma das mulheres mais comercialmente bem-sucedidas e também uma das mais premiadas, sendo a mulher mais indicada na história do Grammy. 

Beyoncé começou sua carreira cantando e dançando em competições ainda criança, e foi uma das fundadoras do Destiny's Child em 1990 (que na época se chamava Girl's Tyme). Depois de uma carreira de sucesso discreto, o então quarteto lançou seu primeiro álbum, auto-intitulado, em 98, aclamado pela crítica, e em 99 explodiu nos holofotes com o segundo álbum, The Writing's on the Wallcom hits como "Bills, Bills, Bills" e "Say My Name", o que rendeu seis indicações ao Grammy. Durante a carreira do grupo, as cantoras ainda marcaram a música com singles como "Independent Woman" e "Survivor", já como um trio, estabelecendo o Destiny's Child como um dos grupos femininos que mais vendeu discos na história. 

O primeiro álbum solo de Beyoncé, Dangerously in Lovejá estreou no topo da Billboard 200, parada dos álbuns mais vendidos nos EUA, e já estabeleceu a carreira solo da cantora com hits históricos como "Crazy In Love" e "Baby Boy", o que continuou com o segundo disco, B'Day, com singles "Irreplaceable" e "Beautiful Liar". Em 2008, Beyoncé elevou sua carreira abrangendo gêneros mais variados em seu terceiro álbum, I Am... Sasha Fierce, e com o histórico hit "Single Ladies (Put a Ring On It)" o álbum não apenas bateu o recorde de seis indicações ao Grammy em um ano como se tornou o trabalho de uma mulher negra que permaneceu mais tempo nas paradas, com 190 semanas na Billboard 200

Em seus próximos álbuns, 4 e Beyoncé, a compositora explorou novos horizontes musicais e ampliou seu sucesso comercial, com singles como "Run the World (Girls)", "Drunk in Love" e "Pretty Hurts". Em 2016, ela estabeleceu um novo patamar como artista lançando o aclamadíssimo álbum Lemonade, com participações de Kendrick Lamar a Jack White, uma narrativa visual, um filme na HBO, seu sexto álbum no topo das paradas, e nove indicações ao Grammy. Quando Beyoncé perdeu na categoria de Álbum do Ano para Adele, a cantora britânica discursou sobre a importância de Beyoncé e Lemonade

Durante toda a carreira, Beyoncé colecionou mais de 100 milhões de álbuns vendidos ao redor do mundo, 23 Grammys e uma apresentação histórica no Coachella, que se tornou a performance mais assistida ao vivo no YouTube. 

Por tudo isso e muito mais, celebramos este 4 de setembro recontando os vídeos mais populares de Beyoncé no YouTube no último ano no Brasil:

"Halo"

A faixa do álbum I Am... Sasha Fierce teve 35.6 milhões de visualizações no Brasil no último ano.

"Pretty Hurts"

A faixa do álbum Beyoncé teve 11.9 milhões de visualizações no Brasil no último ano.

"Crazy In Love"

A faixa do álbum Dangerously in Love teve 11.7 milhões de visualizações no Brasil no último ano.

"Formation"

A faixa do álbum Lemonade teve 11 milhões de visualizações no Brasil no último ano.

"Spirit"

A faixa da trilha sonora de O Rei Leão  teve 9.85 milhões de visualizações no Brasil no último ano.

"Irreplaceable"

A faixa do álbum B'Day teve 9.75 milhões de visualizações no Brasil no último ano.

"If I Were A Boy"

A faixa do álbum I Am... Sasha Fierce teve 9.1 milhões de visualizações no Brasil no último ano.

"Run the World (Girls)"

A faixa do álbum 4 teve 8.04 milhões de visualizações no Brasil no último ano.

"Love On Top"

A faixa do álbum 4 teve 7.73 milhões de visualizações no Brasil no último ano.

"Beautiful Liar"

A faixa com Shakira, do álbum B'Day, teve 6.78 milhões de visualizações no Brasil no último ano.