Peter Jackson convenceu Disney a não cortar palavrões dos Beatles em doc

Créditos da imagem: Detalhe de arte promocional de The Beatles: Get Back (Reprodução)

Séries e TV

Notícia

Peter Jackson convenceu Disney a não cortar palavrões dos Beatles em doc

Projeto será o primeiro do estúdio com linguagem adulta, disse o diretor

Caio Coletti
24.11.2021
08h16
Atualizada em
29.11.2021
15h06
Atualizada em 29.11.2021 às 15h06

Peter Jackson teve que convencer os executivos do Disney+ a manter cenas em que os Beatles aparecem falando palavrão no documentário The Beatles: Get BackSegundo o cineasta, é a primeira vez que um projeto do estúdio terá linguagem adulta.

"Tivemos que ter uma discussão com a Disney sobre os palavrões. Os Beatles são rapazes de Liverpool que falam palavrões livremente, mas não de uma forma agressiva ou sexual. Então a Disney concordou em manter essas cenas, no que acredito ser a primeira vez em um de seus canais. Isso faz com que eles pareçam modernos, também", comentou ao RadioTimes.

The Beatles: Get Back vai mostrar, com a ajuda de imagens inéditas de bastidores, as gravações do álbum Let it Be (1969), que se tornaria o último da banda. Jackson editou mais de 50h de material bruto para chegar às 6h da versão final.

O lançamento será dividido em três capítulos, que chegarão ao Disney+ em 25, 26 e 27 de novembro

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.