HQ/Livros

Notícia

Grant Morrison assume revista mensal do Batman

Grant Morrison assume revista mensal do Batman

Marcus Vinícius de Medeiros
13.02.2006
01h00
Atualizada em
29.06.2018
02h32
Atualizada em 29.06.2018 às 02h32
A DC Comics anunciou durante a mesa-redonda DCU 2006: The Best Is Yet to Come, na convenção WonderCon, que Grant Morrison assume os roteiros da HQ mensal do Batman em agosto, logo após o arco de histórias em oito partes escrito por James Robinson. Ainda não foi confirmado, mas os rumores apontam que a arte da revista estará a cargo de um dos irmãos Kubert, atualmente exclusivos da DC.

Morrison já escreveu aventuras do Homem Morcego anteriormente na graphic novel Asilo Arkham e na série Contos de Batman, na qual assinou a saga Gothic. Além disso, sua interpretação do personagem na série mensal da Liga da Justiça (JLA) conquistou os leitores com um Batman confiante e eficiente, algo bastante diferente do que estava sendo feito nas séries regulares do personagem.

O roteirista afirmou que já tem preparados os roteiros de suas 15 primeiras edições na revista. A história inicial, com o título Batman and Son, apresentará um confronto com quinze Homens Morcegos ninjas, além da presença de Tália (filha do vilão Ra’s Al Ghul).

Vale lembrar que na história O Filho do Demônio, de Mike Barr, Batman teve um filho com Tália, fato posteriormente apagado da cronologia do personagem. Fica a dúvida, com o título da história e a presença de Tália, se a situação mudou em decorrência da nova Crise Infinita.

Morrison promete que após o avanço cronológico de um ano no Universo DC, Batman será “um cara divertido, mais saudável, como o deus do amor com cabelos no peito da época Neal Adams”. Se ele fala sério ou está apenas se divertindo com a situação, só saberemos em agosto.

Os planos do roteirista para o Cavaleiro das Trevas datam de seus dias em JLA. Em entrevista à revista Wizard publicada em 1998, ele comentou: “Estou escrevendo um Batman high-tech, estilo James Bond, que beija mulheres e pilota o batplano”.

Confirmando a promessa feita por Mark Waid pouco tempo atrás parece que os heróis realmente voltarão a ser heróis após a nova Crise. E não há dúvidas de que, no Universo DC, o melhor realmente ainda está por vir.