John Cho como Spike Spiegel no live-action de Cowboy Bebop da Netflix

Créditos da imagem: Netflix/Divulgação

Séries e TV

Lista

Cowboy Bebop | Tudo que sabemos sobre o remake live-action da Netflix

Prevista para estrear ainda neste ano, produção tem tarefa de fazer jus a anime clássico

Eduardo Pereira
23.08.2021
17h42
Atualizada em
23.08.2021
18h21
Atualizada em 23.08.2021 às 18h21

Um dos mais influentes e celebrados animes de todos os tempos, Cowboy Bebop (1998-1999) retornará à TV reimaginado em live-action para a Netflix. Prevista para estrear em 19 de novembro deste ano, a produção terá a dura tarefa de fazer jus às icônicas aventuras da tripulação disfuncional da nave espacial Bebop, que ajudaram a popularizar as animações japonesas no mercado norte-americano, na virada dos anos 1990 para os anos 2000.

Se Cowboy Bebop será tão bem sucedida como live-action quanto foi como animação, só o tempo dirá, mas tudo o que podemos afirmar seguramente sobre a produção até agora, você confere na lista abaixo. E, parafraseando o clássico: nos vemos por aí, leitor espacial!

Qual é a história de Cowboy Bebop?

Spike e Faye fumam cigarros em cena do anime Cowboy Bebop
Crunchyroll/Reprodução

No anime original, Cowboy Bebop acompanhava as aventuras de Spike Spiegel e os demais tripulantes da nave espacial Bebop, narrando as histórias a partir do ano de 1971. Um experiente assassino, Spike abandonou os serviços prestados a um sindicato criminoso para ganhar a vida como caçador de recompensas pela galáxia, fazendo novos inimigos (e, eventualmente, grandes amigos) ao longo do caminho.

Enquanto a série da Netflix deve preservar essa narrativa como alicerce da trama, ela deve abrir mão do formato mais episódico da obra original para equilibrar ao longo de todos os capítulos mais elementos do conflito que ancora a reta final da animação: a rivalidade do protagonista com o ex-colega sindical Vicious. Segundo o produtor executivo Javier Grillo-Marxuach afirmou ao io9, a intenção do remake é expandir o mergulho narrativo proposto pelo anime nos dramas dos principais personagens.

“Não vamos adaptar uma por uma todas as histórias do anime porque também queremos contar a grande narrativa de Spike e o Sindicato, Spike e Julia, Spike e Vicious e tudo mais. Mas estamos olhando para o original e vendo quais são os principais vilões e como podemos colocá-los nessa narrativa mais ampla. Então, estamos contando as duas histórias que compõem Cowboy Bebop", explicou Marxuach.

Qual é o elenco de Cowboy Bebop?

Encabeçado pelo experiente John Cho (Star Trek), que arma o cabelo e veste o paletó azul do protagonista Spike Spiegel, o elenco de Cowboy Bebop traz Mustafa Shakir (Luke Cage) como Jet Black, ex-detendo, capitão da Bebop e grande parceiro de Spike. Fechando o trio de protagonistas, Daniella Pineda (Jurassic World: Reino Ameaçado) dá vida a Faye Valentine, personagem que no anime leva alguns episódios até integrar a tripulação da nave espacial central à trama. Com um humor afiado como faca, ela é a perfeita rival para a acidez de Spike. Ela também sofre de amnésia, o que faz o seu passado ser um ponto de desenvolvimento da história.

Elena Satine (Magic City) será Julia, namorada do sádico Vicious com quem Spike compartilha fortes segredos do passado. O papel do principal antagonista do anime será de Alex Hassell (The Boys). Completam o elenco nomes como Blessing Mokgohloa, Molly Moriarty, Lucy Currey, Arlo Green, Rachel House, Avin Maharaj, Mason Alexander Park, Geoff Stults, Ann Truong, Tamara Tunie, Hoa Xuande, Rodney Cook, Cali Nelle e Jay Paulson.

Quantos episódios terá Cowboy Bebop?

John Cho, caracterizado como Spike Spiegel, anda no interior de uma igreja em cena de Cowboy Bebop, da Netflix
Netflix/Divulgação

Enquanto o anime original, dividido em duas temporadas de 13 episódios cada, trazia "sessões" que duravam em média 24 minutos, a série de TV da Netflix terá uma primeira temporada com 10 episódios de aproximadamente 55 minutos de duração. Essa expansão no tempo de tela corroboram a visão expansiva detalhada pelo produtor executivo Javier Grillo-Marxuach, possibilitando que mais da relação dos personagens, bem como de seus respectivos passados, sejam explorados. Além disso, não é nenhum absurdo pensar que a equipe criativa espera emplacar mais de uma temporada da produção.

Quem está por trás da produção de Cowboy Bebop

Christopher Yost (Thor: Ragnarok), André Nemec (Missão: Impossível - Protocolo Fantasma) e Jeff Pinkner (Venom) trabalham como roteiristas e showrunners da série, com produção do estúdio japonês Sunrise, responsável pelo anime original, em parceria com a Netflix. Para os tradicionalistas de plantão, entretanto, um alívio: Shinichiro Watanabe, o diretor do clássico, participou do desenvolvimento da história do remake, e a lendária compositora Yoko Kanno retornou para brindar a nova versão com seus números musicais memoráveis recheados de influências do jazz.

Ed, a jovem hacker de 13 anos, estará em Cowboy Bebop?

Ed, a jovem hacker da nave Bebop, em cena do anime Cowboy Bebop
Crunchyroll/Reprodução

Uma das maiores dúvidas mantidas mesmo com a divulgação de imagens oficiais da série da Netflix é se esse remake incluirá ou não a personagem Ed. Uma hacker hiperativa de 13 anos de idade, ela é introduzida ao anime só no nono episódio, mas logo se transforma no grande coração da tripulação da Bebop. Até agora, entretanto, nenhum material oficial da série da Netflix fez menção ou referência à personagem, que sequer é listada na página da produção no IMDb. Como excluí-la da história beiraria o ofensivo para os fãs, talvez ela só apareça no caso de uma segunda temporada ser confirmada.

E o Corgi inteligente Ein, estará em Cowboy Bebop?

SIM! O mais fofo tripulante da Bebop estará no remake de Cowboy Bebop da Netflix. Ein, um Corgi geneticamente modificado para ser altamente inteligente (fato que é desconhecido pelos protagonistas do anime, causando boas risadas) estará em toda a sua glória fofa e rebaixada no live-action. O personagem recebeu até uma introdução honrosa com vídeo temático. Veja acima.

Ao continuar navegando, declaro que estou ciente e concordo com a Política de Privacidade bem como manifesto o consentimento quanto ao fornecimento e tratamento dos dados para as finalidades ali constantes.