Diretor de Godzilla II revela porque não voltaria para franquia dos X-Men

Créditos da imagem: 20th Century Fox/ Divulgação

Filmes

Notícia

Diretor de Godzilla II revela porque não voltaria para franquia dos X-Men

Michael Dougherty, roteirista de filmes dos X-Men, não quer trabalhar com super-heróis

Itaici Brunetti
30.09.2019
12h20
Atualizada em
01.10.2019
09h49
Atualizada em 01.10.2019 às 09h49

Michael Dougherty, diretor de Godzilla II: Rei dos Monstros e roteirista em X-Men 2 e X-Men: Apocalipse, revelou por que não trabalharia novamente em novos filmes dos mutantes da Marvel. "Eu os amo, mas acho que me formei na Escola Xavier para Superdotados (risos). Eu prefiro vê-los nas mãos de novos cineastas", falou Dougherty em entrevista ao ComicBook ao ser questionado se trabalharia com os X-Men mais uma vez, principalmente agora que os mutantes poderão fazer parte do MCU. 

Dougherty, que é fã da Marvel e da DC (ele roteirizou Superman - O Retorno), disse que pretende dar um tempo de super-heróis no cinema: "Nunca quero dizer um não definitivo. Mas trabalhei muito nesse lugar e, pessoalmente, é um pouco como se já tivesse feito isso". O diretor finalizou a questão: "adoro assisti-los e estou gostando muito da maneira como o gênero evoluiu, porque sinto que eles estão melhorando com o tempo, mas não posso citar um super-herói em particular que eu gostaria de colocar todo o meu sangue, suor e lágrimas".

O último lançamento da franquia X-Men foi Fênix Negra, que chegou aos cinemas em junho e teve a pior arrecadação entre as produções com mutantes. O longa também marcou o último filme da Fox com os X-Men antes da fusão com a Disney.

Neste cenário, o futuro de Novos Mutantes, longa do diretor Josh Boone descrito como "um terror com X-Men", segue incerto. Anteriormente previsto para 2017, a produção estaria passando por alterações para remover as referências aos longas anteriores da franquia, de acordo com rumores apurados pelo Fandom Wire. A ideia seria garantir que o presidente do Marvel Studios Kevin Feige possa usá-los no MCU um dia, se quiser. Por enquanto, a previsão de estria é abril de 2020.

A seguir, veja por que acreditamos que o longa nunca chegará aos cinemas: